O Coritiba recebeu propostas pelo atacante Guilherme Parede. As ofertas são de clubes sul-americanos. Um dos interessados é a LDU, do Equador, que já havia entrado em conversas com o Coxa para contratar o atleta de 24 anos.

Outras três propostas que chegaram são de clubes argentinos, que são mantidos em sigilo. Um deles é o Talleres. Elas foram trazidas ao Coritiba através do empresário de Guilherme Parede, Luiz Alberto de Oliveira.

Guilherme Parede e seu empresário, proprietário da LA Sports, desejam decretar a saída do clube. O jogador não participou dos últimos dois dias de treinos.

Já o Coritiba quer a permanência do atleta. Procurado, Luiz Alberto não atendeu à reportagem. O Coritiba não comenta negociações em andamento.

+ Confira a tabela e a classificação do Campeonato Paranaense!

A negociação está sendo tratada diretamente pelo presidente Samir Namur. O Coritiba possui 25% dos direitos do atleta. O Inter também tem 25%, enquanto o atleta detém os outros 50%. Para finalizar a saída, o jogador terá de abrir mão da sua parte.

Namur já havia rejeitado uma proposta por Guilherme Parede na semana passada. A LDU queria o empréstimo com opção de compra, modelo que não agradou ao presidente coxa-branca. O atleta tem contrato com o clube até 2022.

Titular no início da temporada, Guilherme Parede esteve emprestado ao Internacional na última temporada. Pelo Coxa, ele tem 49 jogos e 13 gols marcados.

+ Mais do Coxa:

+ Jadson fica mais próximo de acerto com o Coritiba; veja detalhes da negociação
+ Coritiba x Operário: saiba como assistir ao vivo na TV
+ Jadson já disse que nunca jogaria no Coritiba