A diretoria do Coritiba espera definir ainda nesta sexta-feira (21) o nome do substituto de Rodrigo Pastana na direção de futebol do clube. Por enquanto, dois profissionais estão em análise: William Thomas, que deixou o Santos há poucas semanas, e Paulo Pelaipe, que deixou o São Caetano em maio.

A escolha do novo técnico será definida somente após o acerto com o diretor de futebol, situação que atualmente divide o G5 coxa-branca. Mas Jorginho, que comandou o Alviverde nas últimas 15 rodadas da Série B e garantiu o acesso à elite no ano passado, é o favorito da diretoria para o cargo.

Idealizador do DIF do Athletico pode substituir Pastana

Thomas trabalhou como diretor técnico no Athletico entre 2013 e 2018. No clube, atuou como um dos idealizadores do atual modelo de jogo e também ajudou a criar o DIF (Departamento de Informação do Futebol), um banco de dados para análise de contratações.

Após sair do Furacão, o gaúcho foi consultor do Atlético Nacional, da Colômbia, na época em que o treinador era Paulo Autuori. Foi Autuori, aliás, quem levou William Thomas para atuar no Santos, em 2019, inicialmente na função de diretor técnico. Em agosto, ele pediu demissão do Peixe por não concordar com a saída de Jesualdo Ferreira.

Paulo Pelaipe trabalhou no Coritiba em 2018

Pelaipe, de 68 anos, trabalha no mundo da bola desde a década de 1970. Também gaúcho, ele começou no Grêmio, atuando nas categorias de base e no time profissional por mais de 20 anos. O dirigente acumula passagens por clubes como Criciúma, Corinthians, Fortaleza e Vasco.

Em 2019, foi gerente do Flamengo, onde já havia trabalhado em 2013. Apesar da participação nos títulos do Brasileirão e da Libertadores, acabou demitido por e-mail no início deste ano.

Pelaipe, aliás, é velho conhecido da atual gestão do Coritiba. Contratado em agosto de 2018, o dirigente não conseguiu recolocar o time na elite do futebol. Na época, foi dele a indicação do técnico Argel Fucks para substituir Eduardo Baptista.

+ Mais do Coxa:

+ Coritiba reclama na CBF de árbitro da partida contra o Corinthians
+ O trabalho contestado de Pastana na temporada 2020
+ Cristian Toledo: Calendário 2021: CBF e federações sapateiam na cara da sociedade


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?