O Coritiba deve mais uma ver ser abraçado por sua torcida. Diante do Cuiabá, neste sábado (25), às 11h, pela quinta rodada da Série B, o público no Couto Pereira deve passar dos 30 mil. Pressionado por estar a dois jogos sem fazer gols, o Coxa vai para cima da equipe mato-grossense apostando no fator casa. Restam menos de 700 ingressos disponíveis, apenas no setor Social.

O lateral-esquerdo William Matheus, que teve sua primeira oportunidade de jogar pelo Alviverde na temporada na derrota por 1×0 para o CRB, destacou a busca incansável que o elenco está tendo para crescer na competição e que haverá muita doação neste duelo diante da torcida.

+ Leia também: Coxa espera casa cheia na reestreia de Rafinha

“A partir do momento que a gente conseguir a vitória, vamos ficar mais satisfeitos. Queremos melhorar sempre até o final da temporada”, garantiu.

Com cinco pontos na tabela, com uma vitória, dois empates e uma derrota, a pressão da torcida poderá contribuir para que o Coritiba some mais três importantes pontos. Por conta de uma promoção em que o clube vendeu pacotes de ingressos para três partidas (Londrina, Cuiabá e Paraná Clube), existem poucos ingressos disponíveis.

+ Mais na Tribuna: Lateral que jogou no Milan não consegue emplacar sequência no Coritiba

William Matheus ressaltou que um triunfo será fundamental para retribuir o torcedor que vem abraçando o time. Nos dois jogos em casa até aqui (Ponte Preta e Londrina), mais de 30 mil pessoas estiveram nas arquibancadas do Couto Pereira.

“A gente realmente tem que ir em busca da vitória, para brindar a torcida que merece a vitória. Acho que é natural (a cobrança por vitórias). Temos que estar preparados, sabendo que mesmo que a gente esteja jogando pela torcida, temos que desempenhar em campo o futebol de acordo com o que treinamos”, afirmou o lateral.

+ Confira a classificação completa da Série B

No banco de reservas no 0x0 com o Tubarão, o atleta disse que sentiu vontade de entrar para ajudar a ‘resolver’ o jogo, e que agora o time sabe como fazer diferente diante do Cuiabá.

“No último jogo aqui, estava no banco e fiquei muito tentado a jogar. Estudamos bastante o adversário. Estamos bem preparados, focados e sabemos o que temos que fazer”, finalizou.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!