A partir de agora é decisão atrás de decisão, é final em cima de final na luta do Coritiba para, ainda neste ano, conseguir o acesso à primeira divisão. A situação é complicada e dentro do clube todos sabem disso. A chance de retornar à elite é de apenas 5% segundo o site Infobola, do matemático Tristão Garcia, mas o time coxa-branca, se conseguir emplacar a segunda vitória na Série B hoje, diante do Juventude, às 21h, no Couto Pereira, pode fechar a rodada com apenas dois pontos de diferença para o G4.

+ Saiba mais: Argel convoca torcida do Coxa: “Não adianta ficar em casa”

Para não deixar essa pressão dos números atrapalhar o rendimento em campo, o técnico Argel Fucks, invicto ainda no comando do Verdão depois de dois jogos, segue pregando o pensamento jogo a jogo. Os resultados da rodada até agora ajudaram, mas a equipe necessita fazer sua parte e conseguir os três pontos para continuar lutando pelo acesso.

“Vamos trabalhar muito no jogo para nos credenciar à vitória. É um jogo de extrema importância para a gente. A competição está afunilando. Os resultados da rodada até agora foram bons, mas o melhor tem que ser o nosso. É não pensar nos outros e fazer nosso trabalho, buscar o resultado, que é fundamental para a gente ir em busca dos objetivos. É dar um passo de cada vez e manter o mesmo pensamento, focando jogo a jogo”, apontou o treinador.

Mesmo com esse pensamento, o Coritiba, intramuros, sabe que tem uma sequência importante pela frente. Depois do Juventude, o Verdão terá pela frente Figueirense, fora de casa, e CSA, no Couto Pereira, que são dois concorrentes diretos na luta pelo acesso.

+ Leia mais: Coritiba tem prova de fogo pra provar a força do Couto Pereira

“Será um desafio, mas vamos pensar batalha por batalha. O jogo contra o Juventude será mais difícil do que foi contra o Avaí. É um time que está lutando contra o rebaixamento. Nós estamos lutando por nossos objetivos. Temos que continuar batalhando firme, conseguir a vitória, mas sempre jogo a jogo. Não podemos pensar no Figueirense, sem antes pensar no Juventude. Temos que buscar os três pontos em casa, crescer na tabela, para depois buscar uma vitória contra o Figueirense”, emendou o zagueiro Alan Costa.

O defensor, que ganhou destaque durante a semana ao chorar no vestiário depois da vitória sobre o Avaí, será mantido no time titular. Argel, inclusive, garantiu que vai repetir a escalação da equipe pela primeira vez desde que chegou ao clube. Motivos de sobra para Alan Costa comemorar. Tanto que garantiu que, dentro do Couto Pereira, vai ser o Verdão que vai propor o jogo e buscar a vitória diante do Juventude.

“Da nossa parte posso falar que o Coritiba, em casa, vai propor o jogo, vai sair para cima para buscar a vitória, para buscar nosso objetivo. Será como a gente vem jogando em casa. Temos um sistema a ser obedecido, uma forma de jogar, a nossa forma de jogar, que será sempre de propor o jogo”, avisou ele

Apesar de garantir a mesma escalação, mesmo contando com os retornos do zagueiro Thalisson Kelven e do volante Uillian Correia, o treinador espera ver o Coxa melhor do que foi contra o Avaí. Espera, sobretudo, um time que jogue mais com a posse de bola e comande as ações da partida para conseguir vencer o Juventude.

+ Veja a tabela e a classificação da Série B!

“Trabalhamos muito a posse de bola. O time que tem a bola joga, dá as cartas do jogo. É o que a gente faz todo dia desde que eu cheguei. Isso para os jogadores se acostumarem a ter a bola e não rifarem. É importante aprimorar o que a gente fez de bom e corrigir os erros que teve contra o Avaí, que não foram poucos. A gente precisa melhorar muito a nossa capacidade e temos muito trabalho pela frente. E no futebol você não tem tempo, você tem pressa”, arrematou Fucks.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B
2º Turno – 30ª Rodada

Coritiba x Juventude

Coritiba
Wilson; Leandro Silva, Rafael Lima, Alan Costa e Abner; Vitor Carvalho, Simião, Jean Carlos e Chiquinho; Guilherme Parede e Alecsandro.
Técnico: Argel Fucks

Juventude
Douglas, Felipe Mattioni, Micael, Rafael Bonfim e Pará; Rodrigo, Lucas, Tony; Hugo Sanches, Leandro Lima e Denner.
Técnico: Luiz Carlos Winck

Local: Estádio Couto Pereira
Horário: 21h
Árbitro: Léo Simão Holanda (CE)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Jailson Albano da Silva (CE)

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!