Apesar da irregularidade, o Coritiba inicia hoje uma difícil sequência de três confrontos contra as três melhores equipes do Campeonato Brasileiro até aqui. O primeiro será o Corinthians, às 16h, no Couto Pereira, mas depois sai para encarar o Vasco da Gama, em São Januário, e retorna para receber o Botafogo, no Alto da Glória. Missões difíceis, mas que o Alviverde encara como possibilidade de redenção na competição e resgate de uma busca por voos maiores.

Na formação, Vanderlei, Jeci, Tcheco e Anderson Aquino são as novidades diante do Timão. “Nós vamos jogar agora contra o primeiro, depois contra o segundo e depois contra o terceiro colocados. Então, é um momento de repetir boas atuações e jogar contra o time grande que vai sair para cima, que vai procurar nos atacar também”, diz o técnico Marcelo Oliveira. Ele acredita que o Corinthians pode ser o trampolim para o time engrenar. “Nada melhor do que isso para a gente viver um novo momento, quem sabe. Na dificuldade você tem um poder de reação e de superação ainda maior”, avalia o treinador.

Mas mesmo que o Timão seja o líder, o Alviverde quer se impor e voltar a vencer na competição de qualquer jeito. “Eu acho que jogando em casa, diante da nossa torcida, a obrigação é toda nossa de vencer. Não pode ser diferente, temos que enfrentar de igual para igual, procurando respeitar o adversário, mas impondo nosso ritmo”, destaca o zagueiro e capitão Jeci.

No entanto, para que isso aconteça, o melhor ataque do Brasil na temporada e o segundo melhor da Série A precisa ser mais efetivo, ao contrário das partidas anteriores. Na visão de Aquino, o time não pode desistir e tem que continuar tentando mesmo que a bola bata na trave. “É um time que finaliza muito, sempre tem três, quatro chances, e a bola às vezes acaba não entrando. Mas tem jogo que entra. Então, é continuar tentando fazer as mesmas coisas, trabalhar mais, para a bola começar a entrar de novo”, finaliza.

Os dois, por sinal, são algumas das mudanças na formação. O treinador ainda trocou Edson Bastos por Vanderlei, para poupar o ex-camisa 1 e dar uma oportunidade ao reserva. Na zaga, Jeci volta no lugar de Pereira e Tcheco entra para a saída de Willian. No ataque, Aquino ganha oportunidade, porque Bill pertence ao Corinthians e, por força de contrato, não pode enfrentar a ex-equipe.

Ficha técnica

Série A – 2.º turno – 2.ª rodada
Coritiba: Vanderlei; Jonas, Jeci, Emerson e Lucas Mendes; Leandro Donizete e Léo Gago; Tcheco, Marcos Aurélio e Rafinha; Anderson Aquino
Técnico: Marcelo Oliveira

Corinthians: Júlio César; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Ramon; Moradei, Paulinho, Danilo e Jorge Henrique; Willian e Emerson Técnico: Tite

Local: Couto Pereira, em Curitiba
Hora: 16h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e Fabrício Vilarinho da Silva (GO)