Com aproveitamento de apenas 25% fora de casa, o Coritiba espera conquistar ao menos quatro pontos contra Ceará e Figueirense na sequência do Campeonato Brasileiro para se manter vivo na luta por uma vaga na Libertadores. O primeiro desafio será o Vozão às 18h de hoje no Presidente Vargas num confronto que se repetirá pela quarta vez na temporada após as partidas válidas também pela Copa do Brasil. Na equipe, Lucas Mendes retorna enquanto Anderson Aquino, Everton Ribeiro e Geraldo disputam o lugar do machucado Rafinha.

“A gente sabe que quem quer chegar na Libertadores tem que chegar fora de casa e fazer o melhor e buscar pontos fora também”, avalia o zagueiro Emerson. Mas quantos pontos? Nas contas informais no Alto da Glória seis pontos contra as duas equipes seria excelente, mas quatro já seriam comemorados pelo retrospecto não tão bom da equipe na competição. “São jogos de fundamental importância para a gente e fazer três vitórias seguidas. Não estamos jogando mal e está faltando sorte”, destaca o lateral-direito Jonas.

Na visão dele, nessa reta final vale mais pontuar do que dar espetáculo. “Contra o Inter não jogamos tão bem e conquistamos um ponto e nos outros jogamos bem e não conseguimos nada. Se jogarmos mal e conquistarmos os três pontos isso é o que importa”, avisa o jogador. Mais comedido, o técnico Marcelo Oliveira prefere pensar apenas no Ceará nesse momento. “O foco agora é buscar jogo a jogo, bem concentrado nesse objetivo e tentar grandes resultados. Nós tivemos boas atuações fora de casa e precisamos aliar essa situação com bons resultados”, aponta.

Mas ele mesmo avisa que o adversário não será nada fácil. “Vamos a mais um compromisso muito importante. Vi o jogo do Ceará, eles estiveram bem no jogo apesar de terem perdido”, garante Marcelo, se referindo à derrota do Vozão pro Palmeiras. O treinador não acredita em vantagem pelas equipes já terem se enfrentado três vezes anteriormente (0x0 no PV e 1×0 e 3×1 para o Coritiba no Couto Pereira). “Eles já nos conhecem e o Ceará também vem praticamente com o mesmo time, apenas mudou de comando e talvez mude uma ou outra situação. A gente tem que estar atento a isso”, projeta.

No time, apenas duas mudanças. O lateral-esquerdo Lucas Mendes retorna ao time após cumprir a suspensão automática contra o Cruzeiro. A dúvida do treinador está no substituto de Rafinha. Ele diz que irá avaliar o adversário e as características dos atletas para definir entre Aquino, Ribeiro ou Geraldo. Já o volante Leandro Donizete conseguiu o efeito suspensivo e vai para o jogo normalmente.

Ficha técnica

Brasileiro – 2.º turno 26.ª rodada
Ceará
Fernando Henrique; Boiadeiro, Fabrício, Thiago Matias e Vicente; Michel, João Marcos, Rudnei e Thiago Humberto; Marcelo Nicácio e Osvaldo.
Técnico: Estevam Soares

Coritiba
Vanderlei; Jonas, Luccas Claro, Emerson e Lucas Mendes; Leandro Donizete e Léo Gago; Tcheco, Marcos Aurélio e Anderson Aquino (Everton Ribeiro
ou Geraldo); Bill.
Técnico: Marcelo Oliveira

Local: Presidente Vargas (Fortaleza)
Hora: 18h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (Fifa) e Márcio G. Correia Dias (RJ)