Sem vencer há cinco jogos, o Coritiba atravessa seu pior momento na Série B. Depois de chegar ao final do primeiro turno brigando pela liderança, o Coxa agora saiu do G4, embora tenha um jogo a menos que o Botafogo-SP, quarto colocado, e vive um ambiente de pressão.

Nestas cinco rodadas, o Alviverde somou apenas dois pontos, marcando quatro gols e sofrendo sete. Uma queda de rendimento que preocupa os torcedores. No entanto, o zagueiro Rafael Lima preferiu destacar que, embora a vitória não tenha vindo, o time teve boas atuações e alguns detalhes impediram o triunfo.

“Se você tiver a possibilidade de dividir em partes, contra o Bragantino fizemos um bom jogo, contra o Vitória amassamos eles, criamos oportunidades, mas não transformamos essas oportunidades em gol. Contra a Ponte ficou muito claro que o gol deles foi irregular e contra o Atlético-GO o gol no início fez com que o jogo ficasse da maneira como eles queriam. Neste último jogo contra o Londrina conversamos sobre detalhes que poderiam fazer a diferença, estávamos com o jogo controlado, mas sofremos a derrota”, analisou o defensor.

Para tentar reverter esta situação, o Alviverde terá pela frente um confronto direto, contra o CRB, no sábado (21), às 19h, no Couto Pereira. Quem vencer, entrará no G4. Caso haja empate, os dois seguem de fora, atrás do Fantasma. Por isso, um duelo decisivo, que promete ser lá e cá.

Isto porque o Coritiba é o terceiro melhor mandante da segunda divisão, com 23 pontos, enquanto o clube alagoano é o melhor visitante, com 19 pontos. Em dez jogos, o time tem seis vitórias, um empate e três derrotas.

“O CRB é o melhor visitante do campeonato, então temos que ter cuidados. Temos que nos manter equilibrados, os times estão vindo jogar fechados aqui e temos que evitar os contra-ataques. Vamos pressionar e buscar o gol a todo momento. No sábado não tem outra opção que não seja a vitória. Ganhando, abrimos do CRB e encostamos lá em cima de novo”, apontou o volante Matheus Sales.

“Somos um dos melhores mandantes e com a ajuda do torcedor temos tudo para fazer um grande jogo. O CRB é um visitante indigesto, mas sabemos que temos condições de fazer um grande jogo e conseguir o resultado”, completou Rafael Lima.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Só que nos últimos dois jogos que fez no Alto da Glória, o Coxa tropeçou. Primeiro, ficou no empate em 1×1 com o Vitória, que briga pra fugir do rebaixamento. Depois, perdeu por 2×1 para o Atlético-GO, em outro duelo direto pela zona de acesso. Resultados que tiraram um pouco a confiança do torcedor, mas os jogadores esperam contar com casa cheia e incentivo o tempo todo na busca pela reação.

“O torcedor tem que entender que vamos errar durante a partida e que nesses erros é que precisamos de apoio, dar mais um voto de confiança pra gente. Se o torcedor achar por bem vaiar, não será benéfico, mas se ele nos abraçar, como vem abraçando, entender que futebol é um jogo de erros, mas que estamos sempre buscando o melhor, vai nos ajudar”, finalizou o defensor.

Leia mais:

+ Coritiba deixa o G4, mas jogadores focam na própria força
+ Coxa acende o sinal de alerta por conta da oscilação na Série B
+ Dirigente do Coritiba defende jogadores que falharam contra o Londrina