Além do atacante Marcos Aurélio – novidade lógica e já antecipada sábado após a derrota para o Cruzeiro, em Sete Lagoas -, o técnico Marcelo Oliveira anuncia outra mudança para a partida contra o Ceará, quinta-feira, e deixa no ar a possibilidade de realizar uma terceira alteração na equipe.

O atacante Leonardo será titular, enquanto o volante Gil, que o clube espera regularizar ainda hoje, também poderá fazer a estreia diante do Vozão. Com eles, o treinador espera dar mais força ao Coritiba, para que o clube reaja no Campeonato Brasileiro e acabe com a síndrome do quase.

“Falta alguma coisa, falta a pontuação e precisamos ser mais eficazes. Estamos eficientes, batalhando, comprometidos e falta alguma coisinha, como a bola entrar, e minimizar o descuido”, aponta Marcelo Oliveira.

Mas isso não é tudo. Além de um trabalho mais forte durante a semana, ele mesmo sabia que teria que mudar algumas peças na equipe. “Estamos aqui para buscar uma nova formação. Não que o time esteja jogando mal, mas de repente uma mudança, com a apresentação de algo novo, é importante para a gente retomar a boa fase”, explica.

Assim, Marcos Aurélio já sabe que usará a 10 contra os cearenses. “Ele vai agregar muito. Tivemos seis faltas frontais nos últimos jogos e com o Marcos Aurélio já é uma nova situação”, justifica o treinador. Mas tem mais.

“O Leonardo já posso adiantar que vai jogar se não sentir nenhum tipo de lesão. O Gil é outro, pois temos que usar o que temos. É trabalhar, observar no treinamento, mas também não mexer muito, porque já tem uma base que foi feita, uma forma de jogar e um entrosamento”, destaca Marcelo Oliveira.

Animado e surpreso com a informação, Leonardo garante estar preparado para suprir a expectativa de Marcelo. “Estou trabalhando e treinando forte. Estou pronto. A equipe está passando por um momento difícil, o professor está pensando em fazer algumas mudanças e se entrar nesse jogo tenho que corresponder”, projeta. O jogador fica com a vaga de Bill.