Com a chance de acesso cada vez menor a cada rodada que passa, o Coritiba, além de fazer a sua parte em campo e vencer os jogos que restam na Série B do Campeonato Brasileiro, terá que estar com o ‘secador‘ ligado na reta final da competição. Como tem uma missão difícil de vencer as seis últimas partidas, o Coxa, caso tenha qualquer tropeço pelo caminho, terá que, obrigatoriamente, torcer para que seus principais concorrentes também não vençam.

+ Leia também: De renegado a destaque, Alan Costa dá volta por cima no Coxa

Para mirar o acesso, o Alviverde tem dois alvos principais. Avaí e CSA, ambos com 51 pontos e seis a mais que o Verdão na classificação, são os times que podem ser alcançados nesta reta decisiva da segunda divisão. A equipe alagoana já abriu a rodada no confronto contra o próprio Coritiba, enquanto os catarinenses ainda vão enfrentar o Oeste, na Ressacada.

Na tabela do Avaí estão confrontos contra times que estão diretamente na luta pelo acesso à primeira divisão ou que, como o Coxa, ainda sonham com uma vaga na elite do futebol nacional do ano que vem. Além do Oeste, o clube ainda enfrenta Goiás, Londrina, Atlético-GO, Fortaleza e CSA, que figuram na parte de cima da tabela, e a Ponte Preta, que deve chegar na última rodada sem nenhum objetivo na competição.

O CSA, por sua vez, que tem mais seis jogos pela frente, assim como o Coritiba, terá uma tabela um pouco mais tranquila. Pelo menos no que se refere a colocação dos seus adversários na classificação. O time alagoano encara Brasil de Pelotas, Sampaio Corrêa e Juventude, que estão lutando contra o rebaixamento, mas também terá confrontos diretos contra Fortaleza, fora de casa, e Atlético-GO e Avaí, dentro dos seus domínios.

+ Mais na Tribuna: Após empate, matemática fica difícil pro Coritiba

Este confronto direto entre Avaí e CSA, inclusive, na penúltima rodada da Série B, pode ser interessantes para o Alviverde. Se chegar na reta decisiva da segunda divisão com chances de acesso e mais perto do G4, o time coxa-branca, quando enfrentar a Ponte Preta, em Campinas, caso tenha obtido bons resultados até lá, pode até estar brigando pelo acesso, já que um dos seus principais concorrentes vai deixar de pontuar na rodada.

Como abriu a rodada na última terça-feira, o Coritiba, já nesta rodada, terá que secar alguns dos seus concorrentes. No entanto, um fator complicador na continuidade da rodada é de que o pelotão de cima da tabela vai enfrentar equipes que estão na parte debaixo da classificação.

+ Saiba tudo: Coritiba precisa de campanha perfeita na reta final da Série B

O Vila Nova, por exemplo, que tem 48 pontos, pode também chegar aos 51 e encostar no G4 caso vença o Juventude, no Serra Dourada. O Guarani, sétimo colocado com os mesmos 45 pontos do Verdão, vai a Varginha enfrentar o lanterna Boa Esporte. O Londrina, abaixo do Coritiba com um ponto a menos, encara o Sampaio Corrêa, fora de casa.

Confira a classificação completa da Série B

Em meio a todos esses números e probabilidades, uma coisa é certa: o Verdão, para seguir sonhando com o acesso, primeiramente terá que fazer sua parte nos duelos que terá pela frente. Antes de ligar o secador, o Coxa terá que, obrigatoriamente, trazer os três pontos na bagagem no confronto contra o Paysandu, dia 27, em Belém. Depois, terá confrontos diretos ainda contra Guarani, Goiás e Fortaleza, no Couto Pereira, além de encarar Ponte Preta e São Bento, fora de casa, que são times que estão na parte intermediária da classificação.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!