O presidente Vilson Ribeiro de Andrade não vê crise no Coritiba, mas admitiu ontem que a campanha do rival vem fornecendo combustível para que as críticas ao desempenho alviverde no Campeonato Brasileiro aumentem. ‘Nós temos que ser realistas. O Coritiba teve um começo muito bom, com 10 partidas invictas, e depois teve uma queda. Nas últimas rodadas tivemos algumas partidas ruins, contra Botafogo e principalmente Atlético-MG, onde o time não se encontrou. Fora isso, acho que o Coritiba vem fazendo uma campanha até muito boa. O problema é que na tabela nós estamos em oitavo e o Atlético em quarto. Esse é o grande problema hoje, não tenho dúvida nenhuma disso. Se fosse o contrário, todos estariam sorrindo com a oitava colocação. O problema é que o vizinho sempre incomoda. Temos um time para estar, a nível de competição, entre os oito melhores. Essa é nossa visão’, declarou, em entrevista à rádio Transamérica.

Apesar da pressão, Vilson Ribeiro de Andrade afirma confiar no trabalho executado, e não planeja seguir os passos do rival. ‘A minha visão de mudanças, são mudanças planejadas, estruturadas. Salvo quando o comando não tem mais o que tirar de um grupo. O Marquinhos Santos está fazendo um trabalho bom. O superintendente (Felipe Ximenes) mais acertou do que errou e, enquanto eu tiver confiança, todos eles continuam. Assumo a responsabilidade do clube’, garantiu.