O Coritiba mal teve tempo para comemorar a vitória por 2×0 sobre a Ponte Preta, na última segunda-feira, na estreia na Série B, e já está se preparando para o desafio contra o Atlético-GO, que acontece amanhã, às 21h30, no estádio Antônio Accioly. Antes, tinha encarado o vice-campeão do interior no Paulistão. Agora, pega o campeão goiano.

“Série B todo jogo é difícil, uma decisão. Foi um bom começo para nós, mas ontem (terça-feira) já passamos a pensar no Atlético-GO, um adversário difícil, que começou bem o ano. Mas temos que chegar lá concentrados, pensando no nosso objetivo e os jogadores compraram a ideia de que cada jogo é uma final”, destacou o meia Thiago Lopes.

+ Leia também: Thiago Lopes pede sequência no Coxa pra provar potencial

A partida, embora válida ainda pela segunda rodada, já tem um caráter decisivo. Se ganhar, o Coxa pode até terminar na liderança da segunda divisão. E começar bem é fundamental para, lá na frente, terminar com o tão sonhado acesso à elite.

Mas, para isso, terá que mudar um repertório que deixou a desejar em 2018, quando terminou apenas na décima posição, oito pontos atrás do quarto colocado. Na ocasião, foram apenas duas vitória fora de casa. Se o desempenho fosse um pouco melhor, o resultado final poderia ser outro.

“Todos os jogadores estão motivados. Até mesmo antes de começar a Série B, nós conversamos sobre os pontos positivos e negativos do ano passado. Deixamos a desejar nos jogos fora de casa e esperamos agora ter uma regularidade na competição inteira, tanto dentro, quanto fora de casa”, acrescentou Thiago Lopes.

+ Mais na Tribuna: Louzer quer evitar empolgação exagerada no Coritiba

Porém, a tarefa não será fácil. Na competição, estão três campeões estaduais (Atlético-GO, Cuiabá e Sport), além do Bragantino, que é a nova casa do Red Bull Brasil, campeão do interior paulista, e outras equipes que fizeram boas campanhas na primeira parte do calendário brasileiro. Sem contrar clubes de tradição nacional, como Vitória, Guarani e Criciúma, e outros três clássicos que o Alviverde terá que encarar, contra Paraná Clube, Londrina e Operário.

Até por isso, diante de tamanho equilíbrio, manter os pés no chão no Coritiba é crucial. Ninguém quer cantar vitória antes do tempo, mas todos querem aproveitar esta empolgação após a primeira rodada para encarar todos os adversários de igual.

Confira a classificação completa da Série B!

“Foi apenas uma vitória, mas temos 37 partidas, 37 finais pela frente. Nosso objetivo principal é o do clube, depois vêm os objetivos individuais. Nossa maior motivação é subir. O grupo tem esse objetivo e está motivado para isso, por tudo que tem acontecido. É um clube que merece e tem que estar na Série A”, acrescentou o meia.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!