Depois de colecionar insucessos em campo e de não chegar nem perto de conquistar o retorno à primeira divisão, o Coritiba já se prepara para uma temporada desafiadora em 2019. Com menos dinheiro, o Coxa terá que se superar e tentar formar um time mais competitivo do que o elenco montado neste ano. Na própria Série B deste ano, a diretoria pode encontrar exemplos que deram certo para, no ano que vem, se espelhar e conseguir devolver o clube à elite do futebol nacional. Times que, com bem menos investimento que o próprio Verdão, mostraram ter planejamento e fizeram bonito na segunda divisão.

+ Leia também: Argel Fucks dispara contra falta de qualidade do elenco do Coxa

Um dos casos mais emblemáticos é o do Fortaleza. Recém-promovido da terceira divisão, o time cearense liderou a Série B do Campeonato Brasileiro de cabo a rabo. Das receitas de televisão, a equipe tricolor recebeu quase seis vezes menos que o Coritiba (R$ 6 milhões contra R$ 35 milhões). Apostou no técnico Rogério Ceni e já em uma base vencedora do campeonato estadual.

O resultado foi visto dentro de campo. Sempre com grandes públicos na Arena Castelão, o Fortaleza conseguiu números expressivos dentro e fora de casa. Montou um time competitivo, equilibrado e com o espírito da Série B. Garantiu, então, uma campanha brilhante, coroada com a conquista do acesso e do título da Segundona com algumas rodadas de antecedência.

As outras três vagas na elite do futebol brasileiro do ano que vem estão ainda indefinidas. No entanto, alguns clubes conseguiram fazer mais que o Coxa com menos dinheiro. Ponte Preta, apesar de alguns problemas durante a Série B, teve a capacidade de corrigir a rota e está perto de voltar à primeira divisão, dependendo das próprias forças. Capacidade e talento que faltou à diretoria coxa-branca, que teve quatro treinadores durante o ano e acabou montando um elenco sem a qualidade necessária para sustentar uma campanha mais regular.

+ Mais na Tribuna: Coritiba x Fortaleza é antecipado pela CBF

O CSA, que também subiu da Série C, manteve-se no G4 em boa parte da Série B, Avaí e até o Londrina, são também outros exemplos que o Coritiba pode se apegar para ter, em 2019, uma temporada totalmente diferente.

Ponte Preta reagiu na reta final Série B e depende apenas de si para subir. Foto: Albari Rosa
Ponte Preta reagiu na reta final Série B e depende apenas de si para subir. Foto: Albari Rosa

Dos times que estão lutando pelo acesso, somente o Goiás recebeu uma cota maior de televisão do que as demais equipes. Enquanto o Coritiba recebeu R$ 35 milhões, o time goiano faturou R$ 26 milhões. No entanto, apesar de estar na quarta posição, vem em queda e está com a sua vaga na Série A do ano que vem ameaçada nessas duas rodadas restantes.

Futuro incerto

Mas até 2019 muita coisa deve acontecer nos bastidores do Coxa. Por conta do ano ruim em 2018 e com um investimento maior, a continuidade do presidente Samir Namur foi colocada em xeque por alguns conselheiros. Um grupo juntou quase 90 assinaturas e vai protocolar, na próxima segunda-feira (19), junto ao Conselheiro Deliberativo do clube, um pedido de assembleia com os sócios para ser discutida a destituição do mandatário do Verdão.

Em meio a toda essa crise de bastidores, a atual diretoria já começa a planejar a próxima temporada. O diretor de futebol Paulo Pelaipe já se desligou do clube. Rodrigo Pastana, ex-Paraná Clube, deve ser confirmado nos próximos dias como o homem forte do futebol. O profissional conseguiu, em 2017, montar, com pouco dinheiro, uma equipe competitiva e que garantiu o acesso do Tricolor para a primeira divisão. No entanto, neste ano, não repetiu o bom trabalho, teve muitos erros e foi o responsável direto pela formação do elenco paranista que teve um dos piores rendimentos da história dos pontos corridos.

Depois da confirmação de Pastana, a diretoria do Alviverde deverá definir também quem será o comandante que vai participar do planejamento e da montagem do elenco. Atual treinador, Argel Fucks deve renovar seu contrato. No entanto, a definição também deverá acontecer somente na semana que vem.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!