O Coritiba vai dormir na vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Em um duelo aberto, o time passou sufoco, mas venceu o Botafogo-SP por 3×2, na noite desta segunda-feira (29), no estádio Couto Pereira, chegou aos 22 pontos e subiu para a segunda posição na classificação da segunda divisão. Com dez pontos conquistados dos últimos 12 disputados, o Verdão vive um novo momento na competição nacional e terá mais um confronto direto diante do Sport, nesta quinta-feira (1º), na Ilha do Retiro.

Diante do melhor visitante da Série B, o Coritiba teve um início de jogo avassalador. Giovanni foi a novidade na vaga de Luiz Henrique e a equipe entrou em campo com uma formação mais ofensiva, sobretudo com mais criatividade no meio de campo. Assim, o Verdão criou boas chances desde o início. Aos três minutos, Robson recebeu de Giovanni, chutou e, depois do rebote do goleiro Darley, Rodrigão foi travado no rebote.

+ Veja como foi o jogo no lance a lance

O Coritiba seguiu pressionando o Botafogo-SP. Giovanni começou a se destacar pela boa atuação e pelas chances que conseguia criar. O camisa 10 deixou Juan Alano livre na área, aos sete minutos, mas o goleiro Darley salvou de novo. Insistente, o Coxa abriu o placar aos dez minutos. Juan Alano cobrou escanteio, Felipe Mattioni desviou no primeiro pau e Sabino apareceu livre para marcar.

Com o Botafogo-SP assustado, o Coritiba aproveitou para ampliar a vantagem. Três minutos mais tarde, Rodrigão, acostumado a ser decisivo com seus gols, desta vez fez grande jogada e deixou Robson livre na área para fazer o segundo gol alviverde. Depois disso, a equipe paulista conseguiu equilibrar a partida.

Robson marcou o primeiro gol dele com a camisa do Coxa. Foto: Albari Rosa
Robson marcou o primeiro gol dele com a camisa do Coxa. Foto: Albari Rosa

O Coritiba, somente com o volante Matheus Sales com característica de marcador no seu meio de campo, ficou exposto. O Botafogo-SP saiu mais para o jogo e conseguiu criar boas chances para fazer o primeiro gol. Mas o time coxa-branca tinha espaços para os contra-ataques. Aos 30 minutos, Thiago Lopes avançou, chutou da entrada da área e quase marcou o golaço.

A história do primeiro tempo começou a mudar dois minutos mais tarde. Nádson, ex-Paraná, arriscou de longe e surpreendeu o goleiro Alex Muralha. O Botafogo-SP, então, voltou para o jogo e provou porque é o melhor visitante da Série B. Aos 40, Murilo Henrique cobrou falta e Muralha fez grande defesa. Três minutos mais tarde não teve jeito. Com a marcação frouxa, Felipe Saraiva fez boa jogada, Henan tentou e Murilo Henrique empatou a partida. O Coxa, então, saiu para o jogo e se não fosse o goleiro Darley, Giovanni teria colocado o Verdão em vantagem nos acréscimos da etapa inicial.

A saída de Felipe Saraiva, no intervalo, foi benéfica para o Coritiba. O centroavante botafoguense era o responsável pelas principais jogadas ofensivas do adversário. O Coxa voltou para o segundo tempo mais ofensivo e conseguiu o terceiro gol aos oito minutos e em grande estilo. Juan Alano saiu driblando da defesa, tabelou com Rodrigão e, na cara do gol, tocou por cima do goleiro Darley e marcou um golaço no Couto Pereira.

+ Confira a classificação da Segundona

O terceiro gol deu um pouco mais de tranquilidade para o Coritiba. A equipe, em vantagem, voltou a dominar a partida e tinha os espaços para os contra-ataques. O quarto gol saiu aos 17 minutos com Thiago Lopes, após cobrança de escanteio, mas o assistente anulou de maneira incorreta o gol alviverde.

A postura mais ofensiva do Botafogo-SP deixou o jogo aberto na reta final. Com a pressão do time paulista, o goleiro Alex Muralha começou a aparecer. Aos 29 minutos, depois da cobrança de falta, Erick Luis cabeceou e o arqueiro alviverde fez grande defesa. Para tentar acabar com o volume ofensivo dos visitantes, o técnico Umberto Louzer fechou o time e colocou Vitor Carvalho na vaga de Giovanni.

A mudança deixou o Coritiba mais consistente. Aos 38, Igor Jesus, que substituiu Rodrigão, arriscou da entrada da área e quase ampliou a vantagem. Mas o Botafogo-SP não se entregou e seguiu sendo perigoso nas suas investidas. Só que a noite era mesmo do Coxa. Mesmo com a pressão do adversário, o Verdão garantiu mais uma importante vitória e voltou ao G4 da Série B do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B
13ª Rodada – 1° Turno

Coritiba 3×2 Botafogo-SP

Coritiba
Alex Muralha; Felipe Mattioni (Diogo Mateus), Walisson Maia, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Giovanni (Vitor Carvalho) e Thiago Lopes; Robson, Juan Alano e Rodrigão (Igor Jesus).
Técnico: Umberto Louzer

Botafogo-SP
Darley; Lucas Mendes, Didi, Luiz Otávio e Pará; Willian Oliveira (Pablo), Higor Meritão e Nadson (Bruno José); Murilo Henrique, Felipe Saraiva (Erick Luis) e Henan.
Técnico: Roberto Cavalo

Local: Estádio Couto Pereira
Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Jailson Albano da Silva (CE)
Gols: Sabino, 10, Robson, 13, Nadson, 32, Murilo Henrique, 43 do 1º; Juan Alano, 8 do 2º
Cartões amarelos: Rodrigão, Giovanni, Igor Jesus, Robson, Alex Muralha (COR); Luiz Otávio, Willian Oliveira, Lucas Mendes, Bruno José (BOT);
Público pagante: 23.436
Público total: 23.992
Renda: R$ 277.691,42

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!