Após a implementação do plano de sócios, da campanha de jogos em Joinville e das promoções de volta ao Couto Pereira e do aniversário de 101 anos, Roberto Pinto da Silva Júnior entrou em acordo com a diretoria do Coritiba e deixou a diretoria de marketing do clube. Ele estava há dois anos no Alto da Glória, prestando consultoria e implantando novas políticas para a área. Depois de cumprir “um ciclo natural”, e por questões de custos, ele sai antes da elaboração do planejamento para 2011. O superintendente administrativo João Rodolfo Leite Doth acumulará esse cargo até o final do ano.

Ernesto Pedroso Júnior, membro do conselho administrativo (G9) do Coritiba, elogiou o trabalho de marketing desenvolvido até aqui. “O contrato dele venceu e o Coritiba resolveu fazer a gestão própria do marketing. O Roberto é uma pessoa educadíssima e fez um trabalho excelente”, disse. No entanto, segundo o dirigente, o ciclo do profissional no Coxa chegou ao fim. “Tudo tem um fim. O clube treinou algumas pessoas e também temos que cortar custos. Mas o Roberto deixa consolidada a campanha de sócios, a passagem por Joinville e a volta ao Couto Pereira”, destaca o dirigente.

Segundo o ex-diretor, essa saída já estava amadurecendo. “Houve um comum acordo e tanto eu quanto eles queríamos algo diferente para o ano que vem. Como as coisas estão bem neste momento foi adequado fazer esse desligamento”, aponta Da Silva Júnior. Agora, ele volta a prestar consultoria numa empresa própria, mas sempre voltado ao esporte. “Volto a atender empresas que deixei de atender quando entrei no clube, por que meu MBA na Espanha foi voltado para empresas que querem investir em esporte”, completa. O primeiro nome ventilado para o cargo é o do consultor Oliver Seitz, que já passou pelo Coxa em 2008.