O clima foi de despedida no último treino do Coritiba no Couto Pereira em 2008. O time se prepara para enfrentar o Sport, domingo, pela última rodada do Brasileirão. Mas a despedida do elenco do técnico Dorival Júnior, o balanço da temporada e os planos para 2009 foram os assuntos do dia.

O último coletivo comandado por Júnior definiu o time que jogará no Recife. O atacante Ariel Nahuelpan não se recuperou da pancada na costela, sofrida no jogo contra o Vasco, e está vetado. Marlos será adiantado para formar a dupla de ataque com Keirrison e Guaru entra para completar o meio-campo.

Outra mudança no meio é a entrada de Rubens Cardoso no lugar de Carlinhos Paraíba. Rubens volta ao time após mais de três meses afastado, por uma lesão no joelho esquerdo. A última vez que ele entrou em campo foi na vitória de 3 a 0 sobre o Figueirense, no dia 20 de agosto.

Quem também terá uma nova chance é o zagueiro Tiago Bernardi, que substitui Felipe, que está suspenso. Concentrado para o jogo, ele tenta deixar as despedidas para depois. “Estamos tentando não criar esse clima. Agora vamos pensar em conquistar essa vitória para encerrar na melhor posição possível”, afirma.

Mas o próprio Dorival Júnior não consegue fugir do tema. “É natural que isso aconteça. A campanha deste ano, a formação do grupo, a maneira como os jogadores enfrentaram as competições, foi um ganho para todos nós. Eu ganhei experiência, trabalhando em mais um grande clube. O grupo viveu um amadurecimento. Tenho certeza que muitos dos jogadores terão propostas de grandes equipes”, aposta.

Porém, o treinador não deixa de lado as cobranças para o último jogo do ano. “Precisamos resgatar o que deixamos de fazer perante o Vasco. O Coritiba tem a obrigação de terminar esse campeonato bem, deixando uma boa impressão”, avisa.

O Coxa entrará em campo no Recife com Vanderlei; Tiago Bernardi, Rodrigo Mancha e Maurício; Arilton, Alê, Rubens Cardoso, Guaru e Ricardinho; Marlos e Keirrison.

Renovação

Ao contrário do treinador, que já confirmou que deixará o Alto da Glória após o jogo de domingo, Rubens Cardoso quer renovar seu contrato, que termina no fim deste mês.

“Houve o interesse por parte do Coritiba e acredito que não haverá tanta dificuldade. Gostei de Curitiba, minha família está adaptada. Tem tudo para que eu possa vestir a camisa do Coxa no centenário e fazer história. É isso o que eu quero. Vai depender mais da parte da diretoria do que de mim”, conclui.