O Coritiba enfrentou o Ceará, na casa do adversário, na noite desta quarta-feira, em confronto válido pela semifinal da Copa do Brasil, e empatou em 0 a 0. Com o resultado, o Verdão precisa vencer por qualquer placar no jogo de volta, quarta-feira, no Couto, para se classificar pela primeira vez para final da competição, que dá ao campeão o direito de participar da Copa Libertadores da América de 2012.

Próximo desafio do time comandado por Marcelo Oliveira será o Atlético Goianiense, domingo, às 16 horas, no Couto Pereira, pela primeira rodada do Brasileirão.

O jogo

A partida começou muito pegada no início e como não poderia ser diferente, o Ceará tentou pressionar o Verdão, que respondia rápido nos contra-ataques. Foi assim que quase abriu o placar logo aos 4 minutos. Rafinha deixou Davi a vontade para marcar, mas o meia tocou de cabeça para fora. Na sequência, Anderson Aquino bateu de longe, no canto e exigiu boa defesa de Fernando Henrique.

Aos 16 minutos a primeira boa chegada do time da casa. Após cobrança de escanteio, Erivélton cabeceou e Emerson tirou quase de dentro do gol. O jogo seguia equilibrado, mas o Coxa era mais perigoso. Aos 21, Rafinha bateu falta, Fernando Henrique deu um toque na bola, que bateu no travessão antes de sair. Última boa chance da etapa inicial foi do Coxa. Aos 43, Anderson Aquino recebeu dentro da área e bateu forte, mas Fernando Henrique, com o pé, salvou o time da casa.

Para o segundo tempo, o técnico Vágner Mancini fez duas mudanças: saíram Iarley e Fabricio para as entradas de Osvaldo e Cléber. O Coxa voltou sem alterações. Logo a um minuto um susto para torcida coxa-branca. Washington recebeu livre, mas bateu fraco facilitando para Edson Bastos. Aos 9, a resposta do Alviverde. Rafinha bateu no canto e a bola passou muito perto.

O jogo caiu de produção. O Coxa se fechou e passou a atuar exclusivamente nos contra-ataques e nos erros do Ceará. Para dar mais mobilidade a meia cancha, aos 18 minutos Marcelo Oliveira tirou Davi, que estava cansado e colocou Tcheco. Um minuto depois, Leonardo recebeu na pequena área, mas pegou fraco na bola perdendo gol feito. Aos 28 minutos a melhor chance do jogo. Leonardo bateu no ângulo e Fernando Henrique fez defesa de cinema. O Ceará pressionou no fim, mas o resultado acabou mesmo em 0 a 0.