A torcida teve todas as razões do mundo para vaiar o Coritiba na saída do gramado, ontem à noite, no Couto Pereira. E as vaias mostraram que a grande maioria ou a quase totalidade dos que foram ao Alto da Glória queriam a vitória sobre o Náutico.

O empate ajudou o arqui-rival Atlético, mas não ajudou justamente o Alviverde, que entrou numa fase de acomodação no Brasileirão. O time não luta mais pela Libertadores, não cai mais e já está na Sul-Americana.

Assim, não conseguiu mostrar um futebol razoável sequer para vencer o desesperado Timbu, que apenas luta para não voltar à Segundona. Para piorar, Keirrison ficou devendo de novo e Carlinhos Paraíba e o técnico Dorival Júnior mostraram que estão cada vez mais distantes. Por outro lado, Marlos tem deixado a pecha de sono de lado e mostrado um futebol de primeira, salvando-se em campo.