Após a renovação do contrato do lateral-esquerdo Carlinhos por mais dois anos, o Coritiba acertou a manutenção de todo o elenco atual até, pelo menos, o final do ano. Agora busca fechar o grupo para a disputa do Campeonato Brasileiro. Dois jogadores devem chegar para o torneio nacional.

O primeiro deles já está confirmado, é o meia Thiago Galhardo, um dos destaques do Madureira no Campeonato Carioca e que chega após o término do Estadual. “O Thiago Galhardo é um interesse nosso, assinamos um pré-contrato com ele hoje (ontem). É um jogador que teve uma carreira com momentos bons e momentos ruins, mas que está se destacando muito pelo Madureira”, explicou Ernesto Pedroso, vice-presidente de futebol do Coxa.

O outro atleta tem seu nome guardado a sete chaves. Mas é um outro meio-campista, que chegaria para vestir a camisa 10, sem dono desde a aposentadoria de Alex, no final do ano passado. Para esta posição, o Alviverde trabalha com três nomes. “Estamos em busca do camisa 10, que tornou-se raro no futebol e não é fácil encontrar. Temos três opções interessantes e será a nossa última investida para o Campeonato Brasileiro. Mas estamos sempre abertos ao mercado”, acrescentou o dirigente, afirmando que caso haja uma boa oferta, não descarta trazer outros reforços.

Berola

Entre essas possibilidades em aberto está o atacante Neto Berola, do Atlético-MG. O jogador já tem um longo namoro com o Coritiba. No ano passado, esteve perto de desembarcar no Alto da Glória, mas o alto salário impediu a negociação. Agora, as negociações voltaram, mas a possibilidade de um acerto é pequena, devido ao pouco interesse do Coxa.

“Nós temos um interesse relativo pelo Neto Berola. Temos um crédito com o Atlético-MG (pela transferência do atacante Leonardo, em 2012) que está incomodando os dois clubes. A moeda de troca oferecida por eles é o Neto Berola, mas não temos condições de trazer por esse preço. Nós temos o interesse em receber e se vier o atleta, que nos interessa, melhor, mas depois que trouxemos o Wallyson, diminuímos o interesse”, afirmou Pedroso, ressaltando que o clube quer os direitos federativos do jogador e não arcar com todo o seu salário.

Embalo! Leia mais do Coxa na coluna do Massa!