O Coritiba segue com sua sina de não vencer no Brasileiro deste ano. Além de jogar mal, o Coxa perdeu em casa para o Sport e entrou na zona de rebaixamento da competição, ocupando a 18.ª posição. Certamente não era o presente que as mães Coxas Brancas queriam para o seu dia.

Apesar de dominar boa parte da partida, o Coritiba sofre com a falta de um atacante de referência. Nem mesmo o retorno de Alex, visivelmente sem ritmo de jogo, conseguiu contagiar o time.

Com a bola rolando, o que se viu foi um duelo truncado, com pouquíssima criação por parte dos dois times. Tanto que no primeiro tempo houve apenas dois lances de perigo. Um com o Coritiba, em um chute cruzado de Carlinhos, e outro do Sport, em um tiro perigoso de Leonardo de fora da área.

Para o segundo tempo, os times voltaram um pouco melhores. Ao menos, em apenas 10 minutos, o Coritiba já havia feito mais do que o primeiro tempo inteiro. Com 1 minuto, Norberto cruzou para Moacir, que passou da bola, tentou dar de letra e acabou furando. Aos 10, na melhor chance do Coxa, Alex carimbou o travessão do goleiro Magrão.

Porém, o Coritiba voltou para a letargia inicial e cedeu espaços para o Sport, que gostou do jogou e passou a pressionar. A entrada de Geraldo no lugar de Alex deixou o time mais rápido, mas, novamente, a pouca inspiração do ataque colocava tudo a perder. Aos 30, Zé Love chegou a tirar a bola que ia em direção de Roni, deixando a torcida irada.

Como se não bastasse tudo isso, aos 39 Leandro Almeida faz uma falta desnecessária em Neto Baiano. Ele mesmo cobrou, Vanderlei espalmou nos pés de Rithely, que não desperdiçou e marcou o único gol da noite.

Após o apito final, a torcida alviverde cobrou bastante do time. O próximo desafio do Coritiba será contra o Cruzeiro, fora de casa.