A desafiadora sequência de compromissos que o Coritiba terá nos próximos dias, a começar por amanhã fora de casa contra o Arapongas e ainda domingo, no clássico diante do Paraná Clube, pode alterar os planos do clube para este início de competição. Principalmente caso o time alternativo não desenvolva uma melhor qualidade de jogo à apresentada na derrota para o Maringá por 2 x 1, no domingo.

Com isso, a hipótese de alguns dos principais jogadores e que já apresentam boas condições físicas serem incorporados, de maneira gradual, nas próximas rodadas já circula pelos corredores do Couto Pereira. Entretanto, o Coritiba adota, por hora, uma postura cautelosa, e aposta na recuperação em curto prazo dos promissores atletas das categorias de base.

Priorizando o preparo físico do elenco principal para suportar todas as competições do ano, a diretoria estabeleceu ao time alternativo a missão de iniciar as disputas do Estadual até a 5.ª rodada. Pesa ainda a expectativa de que alguns jogadores se sobressaiam com a oportunidade de atuar na principal vitrine do futebol paranaense, e serem aproveitados pela comissão técnica principal.

O problema é que com a alteração da fórmula de disputa do campeonato, com apenas 11 jogos em turno único e, posteriormente os oito melhores classificados se enfrentando no sistema mata-mata, não se permite grandes deslizes nas rodadas iniciais. O técnico Zé Carlos sabe disso e quer uma resposta imediata de seus comandados. ‘A palavra moderna do futebol é projeto. Hoje o projeto do treinador é vencer, senão vai tudo por água abaixo. Mas o Coritiba tem suas ambições, foi passado pra gente que o início do campeonato seria com essa gurizada e nós esperamos dar uma resposta melhor pra nossa torcida e a diretoria. E essa resposta tem que vir de imediato’, afirma o treinador.

Confiante, Zé Carlos tenta passar aos jogadores a importância de somar pontos contra o Arapongas e no clássico Paratiba, assim como nas partidas seguintes, contra o Cianorte e no clássico contra o arquirrival Atlético. ‘É uma semana que, se tivermos êxito, podem ter certeza que faremos um grande campeonato’, completa.