Nesta terça-feira (3) surgiu a notícia de que o Coritiba estaria interessado em contar com o futebol de Marcelinho Paraíba, atualmente “insatisfeito” no Flamengo. A assessoria de imprensa do Verdão preferiu não comentar sobre a vinda do atleta de 33 anos. “O clube não vai se manifestar sobre nomes. O (Jair) Cirino (presidente) acabou falando sobre o interesse no Marcelinho. O pessoal do futebol já alertou para o presidente não falar sobre isso porque muitas vezes atrapalha e surgem muitos intermediários. Com certeza é um baita jogador e tivemos um primeiro contato”, revelou a assessoria do Verdão.

O experiente jogador seria um presente para a torcida no ano do Centenário do clube. Com passagens por São Paulo, Olympique de Marseille (FRA), Grêmio e Herta Berlim (ALE), Marcelinho seria o comandante do ataque alviverde.

O procurador do jogador, Joseph Lee, disse que o fato do atleta não ter sido relacionado para a estreia do Flamengo na Copa do Brasil não tem a ver com uma possível vinda para o Coxa. “Ele pediu uma folga para resolver assuntos particulares fora do Rio de Janeiro. A situação é normal no Flamengo e ele está treinando”, disse.

Vários jogadores do rubro negro carioca já manifestaram publicamente a insatisfação com a direção do clube por não estarem recebendo salários e com Paraíba não é diferente. “Eles trabalham e têm que receber, assim como todos os profissionais. Se for bom para o clube e para ele eu diria que há 100% de chances de o Marcelinho vestir a camisa alviverde”, finalizou.

O outro agente do jogador, Orlando Almeida, está no momento reunido com representantes do Coritiba em São Paulo para bater o martelo da negociação com Paraíba. “No momento ele (Orlando) está reunido provavelmente com o Jamelli para tratar do desfecho da negociação. Em breve teremos novidades”, revelou a assessoria da Kirim Soccer, empresa que o procurador representa.