Bola na área do Coritiba está virando motivo de preocupação para sua imensa torcida. A zaga tem falhado sucessivamente neste tipo de jogada. Infelizmente hoje não foi diferente. Aos 44 minutos do segundo tempo, Ronaldinho Gaúcho levantou a bola na área e Jael, que havia entrado alguns minutos antes, decretou a vitória ddo Flamengo por 1 a 0, que dorme como novo líder da competição. Ao Coxa, resta juntar os cacos da derrota e pensar no seu próximo desafio, diante do Atlético-MG, no Couto Pereira.

Quem achou que o Flamengo teria vida fácil se enganou redondamente. O Coritiba entrou em campo anulando as principais jogadas do urubu, que, durante o primeiro tempo, pouco incomodou o goleiro Edson Bastos. O Coxa tinha a posse de bola, mas na frente faltava inspiração para os atacantes, principalmente para Marcos Aurélio, que jogou abaixo de seu potencial.

Disposto a evitar o sufoco que foi o primeiro tempo, o técnico do Flamengo, Wanderley Luxemburgo, adiantou a marcação da equipe, que passou a pressionar mais o Verdão. A estratégia deu certo e os donos da casa passaram a ter mais volume de jogo, inclusive fazendo uma blitz de cinco minutos na área alviverde. Marcelo Oliveira demorou para mexer no time e não foi muito feliz na troca. Davi, que entrou no lugar de Marcos Aurélio, pouco fez pelo time.

Por ter recuado em demasia, o castigo veio no apagar das luzes. Ronaldinho Gaúcho, sem marcação, ergueu a bola na área e Jael, também sem marcação, cabeceou para o fundo das redes de Edson Bastos, que caiu de forma meio estranha. Festa no Engenhão para os novos líderes do Brasileiro.