Vacilo para alguns, um ponto em mãos para outros. O elenco do Coritiba ficou dividido em relação ao empate em 3×3 com o Cuiabá. O jogo aconteceu na última terça-feira, na Arena Pantanal, válido pela rodada que os times tinham em atraso, a 24ª da Série B do Campeonato Brasileiro. O Alviverde esteve na frente no placar em três oportunidades, mas em todas cedeu a igualdade numérica para os donos da casa.

Caso confirmasse a vitória, o Coxa subiria para o terceiro lugar e se consolidaria cada vez mais no G4 da competição como forte postulante ao acesso. Agora com 49 pontos, a equipe segue entre os primeiros, ainda em quarto, mas vai precisar ainda alcançar bons resultados nas sete partidas restantes da Segundona para acreditar na Série A em 2020.

+ Leia mais: Coritiba fica no empate com o Cuiabá em jogo atrasado 

O meia Giovanni saiu de campo muito inconformado com o fato de a equipe deixar os importantes pontos escaparem. “É vergonhoso, não dá. Vou até tomar cuidado com minhas palavras, porque foram gols bobos. Precisamos escutar o Jorginho e consertar urgentemente esses erros”, cravou o camisa 10, que não ficou nada feliz com o fato da equipe sofrer gols de bola parada. Foi assim que o Cuiabá assinalou nas duas primeiras oportunidades.

“Não podemos mais cometer esse tipo de erros se quisermos subir. Tomamos gols de bola parada, foi ridículo, temos que mudar a postura. Difícil sair na frente e levar três gols”, desabafou. Em contrapartida, outros jogadores, mesmo lamentando o fato de o Coxa não sair do Mato Grosso com três pontos na bagagem, valorizaram o resultado fora de casa. O volante Serginho, que fez seu primeiro gol com a camisa do Verdão, explicou que preferia outro resultado, mas que ainda assim o time segue vivo na briga pelo acesso.

+ Confira como foi o jogo entre Cuiabá e Coritiba!

“Trocaria o meu gol por dois da equipe pra a gente sair com a vitória. Foi muito difícil, muito calor aqui, tomamos gol, saímos chateados, mas esse ponto pode ser importante lá na frente”, analisou, referindo-se às altas temperaturas que os jogadores enfrentaram na capital do Mato Grosso, que atingiram aproximadamente 30º.  O goleiro Alex Muralha também é do grupo que fez questão de reforçar a importância do ponto conquistado.

+ Veja a classificação completa da Série B!

“É difícil jogar aqui, não digo que foi vacilo, infelizmente tivemos desatenção, mas o importante é que somamos um ponto e vamos até o fim buscar o acesso”, arrematou.