O setor defensivo, pelo menos até agora, diante das contratações confirmadas pelo Coritiba, parece ser o que menos preocupa a diretoria para a próxima temporada. Com algumas saídas já anunciadas, casos dos zagueiros Nery Bareiro e Luccas Claro, e do lateral César Benítez, o Coxa trouxe apenas o zagueiro Werley, ex-Figueirense, para reforçar a defesa até agora.

Após a disputa do Campeonato Brasileiro, quando escapou do rebaixamento com três rodadas de antecedência, o técnico Paulo César Carpegiani pediu à diretoria reforços para as laterais, para o meio de campo e para o ataque. Mesmo assim, as alas do time ainda seguem sem muitas opções para o início da temporada de 2017.

Sem anunciar reforços para as laterais, Carpegiani tem à sua disposição somente duas opções. Para a direita, o jovem Dodô, que estará com a seleção brasileira sub-20 na disputa do Campeonato Sul-Americano da categoria em janeiro. Para a esquerda, a única opção é Carlinhos, que tem contrato com o clube, mas não teve muitas chances com o treinador no segundo semestre deste ano.

Se engana, porém, quem pensa que a falta de mais opções para as laterais vai tirar o sono de Carpegiani. Isto porque o técnico, desde que chegou ao Alviverde, dificilmente usou, durante as partidas, dois laterais de origem ao mesmo tempo. Na direita, a opção foi improvisar o zagueiro Walisson Maia em alguns jogos. Já na esquerda, o zagueiro Juninho atuou por diversas vezes.

César Benítez foi quem teve mais oportunidades sob o comando do técnico Paulo César Carpegiani. Versátil e podendo atuar nas duas laterais, o atleta paraguaio foi procurado para renovar seu vínculo com o Verdão, mas acabou não aceitando a redução salarial proposta pela diretoria.

Assim, até agora, o Coxa trouxe apenas o zagueiro Werley, que jogou pelo Figueirense o último Campeonato Brasileiro. O jogador chega para suprir a ausência de Luccas Claro, que tem seu contrato se encerrando neste sábado e não permanecerá. Além dele, Nery Bareiro também não aceitou a proposta de renovação e acertou sua transferência para o Guarani, do Paraguai, onde vai disputar a Libertadores.

Para o início da pré-temporada, o Coritiba ainda deve anunciar pelo menos mais três reforços. Dois laterais e um meia de criação são as prioridades da diretoria. Na zaga, o jovem Geovane, cria da base do clube e que atuou em algumas partidas na reta final deste ano, deve ganhar mais oportunidades na disputa do Campeonato Paranaense.