O empate em 1×1 com o Paysandu, no último sábado (27), na Curuzu, em Belém, frustrou os planos do Coritiba de ficar mais próximo do G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar de tratar a partida como uma decisão, o time coxa-branca não teve a atenção necessária para segurar a vitória e sofreu o gol de empate já nos minutos finais de partida. Decepção que ficou estampada na cara dos jogadores após a partida.

+ Leia também: Ex-jogador do Coxa é encontrado morto em São José dos Pinhais

“É decepcionante. É até difícil falar, porque a gente está de cabeça quente. Todos temos responsabilidade. A gente sabia que não tinha margem para erro. Dentro do propósito, conseguimos fazer aquilo que o Argel (técnico) tinha pedido, mas, infelizmente, naquele lance esporádico tomamos o empate”, lamentou o zagueiro Rafael Lima.

“Foi uma falta de atenção nossa. A bola foi tirada para o meio da área e foi mérito do jogador deles, que pegou bem na bola. É triste empatar desse jeito. Agora é levantar a cabeça para esses cinco jogos que faltam”, prosseguiu o lateral-esquerdo Abner.

+ Mais na Tribuna: Coritiba tem choque de realidade na Série B

O lateral-direito Leandro Silva também lamentou o resultado colhido em Belém. O jogador afirmou que a desatenção do Coritiba no final da partida acabou sendo decisiva para o gol marcado pelo Papão, aos 39 do segundo tempo.

Confira a classificação completa da Série B

“O resultado foi ruim. A gente teve uma desatenção no final do jogo que não pode acontecer. O resultado estava na nossa mão e tomamos o gol. Mas existe chance e vamos brigar até o final. Temos time para isso. Temos um jogo em casa e temos que sair vitoriosos. É ver o que dá, ter os pés no chão, mas primeiro ganhar esse jogo em casa (contra o Guarani)”, concluiu o lateral alviverde.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!