O Coritiba aproveitará o duelo contra o J. Malucelli, hoje à noite, para observar os jogadores que têm se destacado no líder do returno do Campeonato Paranaense. Principalmente o atacante Potita, 28 anos, artilheiro do Estadual com 8 gols. Sozinho, ele balançou as redes na mesma quantidade de Deivid e Júlio César – principais atacante do Coxa – e seu nome já é comentado no Alto da Glória. Principalmente, por que, por conta dos jogadores que emprestou ao Jotinha, o Alviverde tem prioridade sobre as revelações do clube do Barigüi.

No entanto, uma eventual contratação de Potita, assim como de qualquer outro jogador do J. Malucelli, só ocorrerá após o fim do Estadual. Quem garante é o presidente de honra do Jotinha, Joel Malucelli. “Existe sim [a prioridade do Coritiba]. O Coritiba é um clube parceiro e tem acompanhado tanto os jogadores dele quanto os nossos. Ainda não chegou nada para o Potita, mas ao fim do Paranaense pode surgir alguma coisa, e a preferência é do Coritiba”, revela o empresário. No começo da temporada, o Coxa emprestou 9 jogadores ao parceiro. Alguns deles, inclusive, serão titulares amanhã. É o caso do zagueiro Diego Alemão e do lateral Fabinho.

Com passagens em mais de dez clubes, Potita vive seu melhor momento na carreira. Destaque individual do Jotinha, ele tem chamado a atenção não somente pelo faro apurado de gols, e a consequente artilharia do campeonato que divide com Celsinho, do Londrina -, mas também pela velocidade e o bom posicionamento em campo. A idade do jogador não seria um problema no Alviverde, que conta com Deivid, 34 anos, como grande nome do ataque, e Júlio César, com um ano a menos, na suplência imediata.

O bom relacionamento entre as diretorias, que recentemente foi estreitado, também ajuda a especular que o destino de Potita tende a ser o Coritiba. Apesar de não falar em nomes, o superintendente de futebol do Coritiba, Felipe Ximenes, confirma que o clube está monitorando o elenco do Jotinha. “Existe a preferência pelos jogadores do Malucelli sim, mas não a exclusividade. Não falo em nomes, mas existem bons valores lá. É um elenco de qualidade e que até a 7.ª rodada vinha liderando a competição”, disse.

Dono de seus direitos federativos, e com contrato até maio com o J. Malucelli, Potita chegou ao clube por indicação do auxiliar técnico Rogério Corrêa, com quem trabalhou em 2011 no Anapolina-GO.