Revelação do Coritiba, o lateral-direito Dodô vem se destacando na Liga dos Campeões. O jogador de 20 anos foi fundamental para o Shakhtar Dontesk, da Ucrânia, nos últimos dois jogos, quando saiu do banco de reservas e marcou gol e deu passe decisivo.

Na última terça-feira (22), o Shakhtar abriu o placar contra o Dínamo Zagreb, da Croácia, mas acabou tomando a virada em casa. Dodô entrou em campo aos 21 minutos do segundo tempo, logo após os croatas fazerem 2×1. Seis minutos depois, o lateral empatou a partida para os donos da casa, após receber passe do também brasileiro Alan Patrick. O jogo terminou empatado em 2×2.

+ Carneiro Neto é o convidado do podcast De Letra!

Antes, em 1º de outubro, ele também participou decisivamente da importante vitória fora de casa sobre a Atalanta, da Itália, pela segunda rodada do Grupo C. Na ocasião, Dodô saiu do banco aos 48 do segundo tempo, quando a partida estava 1×1. Um minuto depois, fez excelente jogada que terminou com gol de Manor Solomon e selou a vitória. O lateral soma ainda mais um gol anotado no Campeonato Ucraniano, na vitória por 6×0 sobre o Kolos Kovalivka, dia 18 de outubro. As boas atuações, inclusive, fizeram ele ser lembrado pelo técnico André Jardine, da seleção brasileira olímpica.

Cria do Coxa, Dodô disputou as temporadas de 2016 e 2017 no Couto Pereira. Em dezembro de 2017 acabou vendido para o Shakhtar por 2 milhões de euros (R$ 7,8 milhões na cotação da época), com o Alviverde mantendo parte dos direitos econômicos.

Dodô foi revelado no Coritiba e defendeu o clube até 2017, quando foi para a Ucrânia. Foto: Antonio More
Dodô foi revelado no Coritiba e defendeu o clube até 2017, quando foi para a Ucrânia. Foto: Antonio More

+ Confira a classificação completa da Série B!

Em sua primeira temporada no Velho Continente, foi emprestado para o Vitória de Guimarães, de Portugal, onde fez somente 12 partidas, mas anotou dois gols. Agora, de volta à Ucrânia, já soma dois gols em oito jogos.

No clube, ele tem a parceria dos brasileiros Alan Patrick, Taison, Ismaily, Dentinho, Vitão, Maycon, Tetê, Marquinhos Cipirano e Marcos Antônio, ex-Atlhletico. O meia Marlos, outro revelado no Coritiba, naturalizado ucraniano, também está no elenco.