O técnico Eduardo Baptista segue em busca do time ideal do Coritiba para a sequência da disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Diante do CRB, nesta terça-feira (5), às 19h30, no Couto Pereira, o treinador ganhou reforços importantes do departamento médico e poderá ver em ação uma equipe considerada mais competitiva para seguir na luta pelo acesso. A meta agora, no entanto, é conseguir a repetição do time para que o Verdão melhore sua performance e consiga se manter no pelotão de frente da segunda divisão.

“A repetição é importante para dar confiança, entrosamento. Para que o jogador dê aquele passe sem olhar o companheiro. Isso é muito importante. No tempo em que estou aqui, a gente perdeu alguns atletas fundamentais e que agora a gente tem de volta. Tenho o time ideal na cabeça, a equipe que a gente acredita ser aquela que vai jogar. Temos que conseguir encaixar o time, escalar todos e dar tempo para jogar para que possa, enfim, ter uma consistência e entrar no G4”, apontou o treinador alviverde.

Para o confronto com o CRB, Eduardo Baptista poderá contar novamente com o lateral-esquerdo William Matheus, com o volante Vitor Carvalho e com o meia-atacante Chiquinho. Destes, o que mais fez falta ao Coritiba foi o garoto da base.

“É destacar dois pontos. O primeiro é o desejo de voltar e ajudar o Coritiba. Isso foi impressionante e, nesses 25 anos de futebol, foram poucos os casos desse que presenciei, esse desejo de voltar, esse inconformismo. O segundo é o grande trabalho do departamento médico. A gente ganha o Vitor Carvalho e a dúvida é se ele vai entrar jogando ou não. Ele tem uma imposição física e técnica muito importante”, explicou Baptista.

Confira a tabela completa da Série B!

Essa alta rotatividade no time coxa-branca por conta de lesões e suspensões fez o técnico usar nada menos do que dois times inteiros até agora na disputa da Série B. Foram 22 jogadores utilizados em nove partidas. Caso William Matheus e Alecsandro atuem diante do CRB, a marca chegará a 24 atletas em dez partidas.