Mesmo com o decepcionante empate diante do CSA, em que o Coritiba vencia por 2×0 até os 38 da segunda etapa, mas permitiu que os donos da casa igualassem o placar, o técnico Eduardo Baptista destacou o bom desempenho do time. Para o comandante, depois do jogo da última sexta-feira (29), que aconteceu em Maceió-AL, é possível ver uma continuidade promissora para a equipe na Série B do Campeonato Brasileiro.

“Foi uma boa atuação fora de casa, que seria muito difícil jogar. A equipe brigou, foi organizada e soube entender quando o jogo foi nosso e também se defender quando foi do CSA. Foi a partida em que o time mais criou chances de gol. Infelizmente tomamos os gols em duas jogadas pontuais e foi ruim, pois estávamos com o jogo na mão, mas deixa uma expectativa muito boa para a sequência”, explicou o treinador.

Diferente de seus atletas, que saíram de campo “na bronca” com a arbitragem, que permitiu que o jogo seguisse além do acréscimo apontado e permitiu o segundo gol dos donos da casa aos 50 minutos, Baptista atribuiu o placar a uma falta de atenção.

“Sobre a arbitragem a diretoria que tem que se posicionar. Não vou falar disso. Foi uma falta de atenção, eles vieram com oito jogadores na área, a bola rebateu e temos que dar méritos à equipe do CSA, que tem uma bola aérea muito boa. Não nos venceram em nenhum lance ao longo da partida, mas no último momento fomos desatentos”, disse.

O Coritiba segue com seu martírio de não conseguir somar três pontos longe de seus domínios. Até o momento, longe do Couto Pereira, foram sete jogos, três derrotas e quatro empates. O novo empate fez com que o time permanecesse fora do G4: com 20 pontos, o Verdão é o sexto colocado.

Ainda que esteja fora da área de classificação, o Alviverde está perto, já que o Vila Nova, quarto colocado, soma 22. Por isso, é necessário reagir e não deixar os demais times na disputa pelo acesso se distanciarem. E é pensando em continuar se superando que Baptista quer que o foco seja nos próximos compromissos.

Confira a tabela e a classificação da Série B!

 “Fica a decepção pelo resultado, mas temos que continuar lutando, pois logo as vitórias vão acontecer”, finalizou o treinador.

O Coxa volta a campo no dia 04 de julho, contra o Paysandu, às 18h, no Couto Pereira.