O Coritiba confirmou, através de um edital do Conselho Deliberativo do clube publicado na edição desta quarta-feira (6) da Tribuna, a data da eleição dos membros dos conselhos Administrativo e Deliberativo para o próximo triênio. A próxima diretoria do Coxa será definida no dia 9 de dezembro, em um sábado, das 10h às 16h, na sede do clube, no setor Pro Tork, com acesso pela rua Mauá.

A data da eleição e outras deliberações sobre o assunto foram discutidas na última segunda-feira (4), em reunião do Conselho Deliberativo do Coritiba, realizada no Couto Pereira. Ficou definido que o regulamento das eleições será publicado em um prazo de 30 dias e o registro das chapas acontecerá até o dia 9 de novembro, exatamente um mês antes do pleito.

Nos últimos meses, possíveis nomes de dirigentes surgiram nos bastidores como possíveis candidatos à presidência do Coritiba. De concreto mesmo é que o atual mandatário do Coxa, Rogério Portugal Bacellar, não deve ser candidato à reeleição. O cartola teve muitas dificuldades durante o seu mandato, inclusive com a saída de membros do G5 diante de crises internas.

LEIA MAIS: Coritiba e Atlético se reencontram pelo Campeonato Brasileiro sub-20

O ponto alto da atual diretoria do Coritiba foi o saneamento de dívidas do clube. O Coxa estava convivendo com um passivo muito grande e, aos poucos, a atual diretoria conseguiu colocar a casa em ordem e manter, sobretudo, os salários do time alviverde em dia, algo que não acontecia há algum tempo.

Confira a tabela completa do Brasileirão!

Diante da divulgação do edital de convocação das eleições do Coritiba, a partir de agora, está aberta a temporada de especulações de possíveis chapas. Nomes como do ex-presidente Vilson Ribeiro de Andrade (hoje presidente da Fomento Paraná), do empresário Giovanni Kassin, além dos membros da atual diretoria, o vice-presidente Alceni Guerra e o diretor institucional Ernesto Pedroso já foram especulados. Além de outros grupos, como o da “velha guarda”, que articula o ex-vice João Carlos Vialle, e a Ala Jovem, que quer ter uma participação mais efetiva. Mas será agora que as alianças devem começar a se formar para a disputa do pleito que definirá qual grupo comandará o clube nos próximos três anos.

Veja o edital do Conselho Deliberativo:

5x13_Coritiba_Edital-1