Depois de vencer o Cruzeiro por 1×0, na última quarta-feira (18), no Couto Pereira, o clima no Coritiba ficou um pouco mais leve, com o time voltando a crescer na briga contra o rebaixamento. Porém, qualquer comemoração pelo resultado já ficou para trás e o foco é o compromisso com o Vasco, neste sábado (21), às 17h, no Maracanã.

“A luta tem que continuar, até pela posição que a gente se encontra, a dificuldade que está sendo cada partida, mas temos que pensar jogo a jogo, em cada adversário, como se fosse uma final para a gente, pois só assim vamos sair desta situação”, disse o meia Rafael Longuine.

Com 31 pontos, o Coxa pode até sair, enfim, da zona da degola nesta rodada. Para isto, precisa vencer o time carioca e torcer para que Vitória e Ponte Preta não ganhem de Bahia e Avaí, respectivamente. De qualquer maneira, se ganhar logo mais, o Alviverde, no mínimo, dormirá fora da ZR.

Até por isso, Longuine garantiu que evita fazer contas e vê, nesta reta final do Brasileirão, o próximo jogo sempre como o mais importante. E uma vitória no Maracanã se torna fundamental.

“Não fico fazendo conta. O número mágico são os próximos três pontos. Temos que pensar assim, contra o Vasco será uma decisão para a gente e não adianta ficarmos fazendo contas. Temos que estar conscientes naquilo que temos que fazer a cada jogo e os próximos três pontos são os mais importantes”, disse ele.

Confira a classificação completa do Brasileirão

Para tentar voltar a vencer fora de casa, o técnico Marcelo Olivera tem apenas uma dúvida na escalação. O meia Tiago Real recebeu o terceirão cartão amarelo diante da Raposa e terá que cumprir suspensão. Matheus Galdezani e Yan Sasse disputam a vaga.

FICHA TÉCNICA

BRASILEIRÃO
2º Turno – 30ª Rodada

VASCO x CORITIBA

Vasco
Martin Silva; Madson, Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean, Wellington, Yago Pikachu, Mateus Vital e Nenê; André Rios.
Técnico: Zé Ricardo

Coritiba
Wilson; Léo, Cleber Reis, Werley e Thiago Carleto; Jonas, Alan Santos, Matheus Galdezani (Yan Sasse) e Rafael Longuine; Rildo e Henrique Almeida.
Técnico: Marcelo Oliveira

Local: Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)
Horário: 17h
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Saciloti dos Santos Camargo (FIFA-SP)