Diante do mau momento recente na temporada, com três derrotas consecutivas, a diretoria do Coritiba resolveu se manifestar e, em comunicado aos sócios, assinado pelo presidente Samir Namur, garantiu que vai reforçar o elenco para a disputa da Série B, mas novamente ponderou que não fará loucuras.

Apesar de admitir que tropeços sequentes não podem fazer parte do planejamento, o Coxa ressaltou que a situação financeira vivida pelo clube não permite tirar os pés do chão no mercado e que, por isso, a base precisa ser valorizada.

“Um dos compromissos assumidos com o associado foi o de equilíbrio financeiro, que implica lidar com passivos e respeitar a previsão orçamentária… Esse quadro de grave endividamento mostra como é importante a valorização da base que o Coritiba vem promovendo, gerando grande potencial de receita com negociações no futuro”, diz trecho da nota.

Além disso, a justificativa alviverde para as derrotas por 3×0 para o Maringá e 2×0 para o Paraná Clube é o fato de que a equipe já conquistou o primeiro turno do Campeonato Paranaense e está na decisão do Estadual e que, assim, o técnico Sandro Forner tem o aval para testar peças nesta segunda metade da competição, para priorizar a Copa do Brasil, que dará um retorno financeiro maior.

Confira a classificação completa do Paranaense

“Interessante ressaltar, a premiação que estará em jogo na quarta-feira equivale sozinha à quota de TV do Coritiba em três campeonatos estaduais”, diz outra parte do texto.

O Coxa encara o Goiás na próxima quarta-feira (14), no Couto Pereira, pela terceira fase do torneio nacional. Como perdeu por 1×0 o jogo de ida, precisa vencer por dois gols de diferença para se classificar. Caso ganhe por apenas um gol – independentemente do placar -, a disputa da vaga irá para os pênaltis.

Confira a nota do Coritiba completa:

nota-do-coritiba-para-os-socios