Após o confronto de domingo contra o Ceará, o zagueiro Emerson ainda dormiu no hotel onde o Coritiba estava concentrado, em Fortaleza, mas logo pela manhã seguiu direto para Belém onde foi se apresentar à Seleção Brasileira. Marinheiro de primeira viagem, ele espera agradar ao técnico Mano Menezes e ganhar uma oportunidade na partida de amanhã contra a Argentina. “Sempre na minha vida profissional venho trabalhando bastante e procurando fazer o meu melhor. Acredito que a minha bola aérea chamou a atenção do Mano, tanto na defensiva quanto na ofensiva”, avalia o defensor alviverde.

Mas para entrar em campo ele precisa vencer também a concorrência de Dedé (Vasco), Rever (Atlético-MG) e Rhodolfo (São Paulo), que também lutam por um lugar na cozinha amarelinha. “Eu estou indo bastante feliz pela convocação. Se eu tiver a oportunidade, vou procurar fazer o que venho fazendo no Coritiba e vou procurar dar o meu melhor”, projeta. Hoje, Mano comanda o principal treinamento visando o confronto contra os argentinos e a tendência é que Dedé e Rever sejam os titulares, porque já atuaram em Córdoba, com o zagueiro coxa ficando no banco de reservas.

Na quinta-feira de madrugada, após o confronto, o jogador embarca de volta para Curitiba, conforme a programação estabelecida pela CBF, e se apresenta no período da tarde para os trabalhos no CT da Graciosa.