O Coritiba empatou em 2×2 com o Criciúma na noite de terça-feira (21), no Estádio Heriberto Hülse, mas o resultado igual teve sabor de vitória. Não que o time tenha jogado bem. Longe disso. Mais uma vez faltou padrão de jogo e sobraram erros de passes. No entanto, o fato de ter saído atrás e chegar a estar perdendo por 2×0 no início da partida e ter conseguido igualar o placar, comprovou que, ao menos, o Verdão não arregou. Diferente do que vinha acontecendo, a derrota parcial não impediu o time de lutar e, aos trancos e barrancos, o Coxa volta para Curitiba com um pontinho na bagagem.

O adversário começou o jogo mostrando que queria a vitória a todo custo. Afinal, estava com o mesmo número de pontos do primeiro time que figura na zona do rebaixamento. E nesta missão de sacudir a poeira, contou com o vacilo do lateral Carlos César, que fez falta desnecessária dentro da área em Zé Carlos. O próprio Zé Carlos cobrou a penalidade e abriu o placar, aos 20 minutos, sem chances de defesa pro goleiro Wilson.

Confira a classificação da Série B

O Coxa mal teve tempo de assimilar o gol sofrido e outro ex-paranista, Vítor Feijão, ampliou. Em mais uma bobeira da defesa, o jogador, livre de marcação, recebeu na área e mandou pro fundo das redes.
Com 2×0 no placar e o padrão das últimas partidas, a impressão era de que o Alviverde iria baixar a guarda. No entanto, já no finalzinho do primeiro tempo, o mostrou que não estava morto. Aos 46, Vinícius Kiss tocou pra Guilherme que, livre, diminuiu a fatura.

Leia tambémTrio de Ferro já usou “um caminhão” de jogadores nesta temporada

Na segunda etapa, mais uma vez começou a brilhar com intensidade a estrela de Wilson, em defesas milagrosas como na tentativa de Zé Carlos logo aos três minutos. Além de matar a pau na meta, o goleirão ainda teve tempo de salvar a pátria coxa-branca balançando as redes. Aos 30 minutos, Jean Mangabeira tocou com o braço na bola dentro da área. Na cobrança segura de pênalti, Wilson empatou o jogo, que ganhou ares dramáticos.

Aos 40, Thalisson Kelven foi expulso depois de tomar o segundo amarelo. Com um jogador a menos e o placar igual, jogando fora de casa, o Coritiba teve motivos pra deixar o gramado se não feliz, ao menos aliviado por voltar pra casa com um ponto.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!