Demorou, mas o Coritiba voltou a mostrar um bom futebol na goleada aplicada sobre o Avaí por 4×1, na noite de quinta (13), na Ressacada, em Florianópolis. A vitória, além de marcar a recuperação do Verdão depois de sete rodadas sem vitórias no Campeonato Brasileiro, dá também tranquilidade para a sequência do técnico Pachequinho no comando do Verdão. O lateral-esquerdo Thiago Carleto, que substituiu muito bem William Matheus na equipe titular alviverde, dedicou o resultado positivo ao treinador do Coxa.

“Como falei antes, o grupo é bom, o ambiente é bom. O pessoal de fora não entende o resultado negativo. Todo time oscila. Até o Corinthians vai oscilar. A gente vinha de sete jogos sem vitórias. A gente sabe do nosso potencial. Quem entrou, inclusive eu, ajudou um ao outro e conseguimos a vitória. Dá a vitória ao Pachequinho também, é um cara que merece. Esse é o time do Coritiba, com raça, vontade. Estão todos de parabéns”, afirmou o lateral alviverde.

O meia Anderson, por sua vez, dedicou a vitória importante conquistada diante do Avaí ao grupo do Coritiba. “A vitória é para o grupo, que vem fazendo um grande campeonato. Foram sete jogos sem vitórias, mas se ganhasse um a gente tava entre os seis primeiros. São coisas do futebol, mas a gente não abaixou a cabeça. O grupo está de parabéns e também a torcida que vem comparecendo”, emendou o camisa 18 coxa-branca.

O atacante Neto Berola voltou a jogar depois de ser preterido em alguns jogos. O camisa 9 substituiu o atacante Iago, machucado, logo nos primeiros minutos de jogo e, na etapa inicial, participou dos dois gols do Coritiba marcados por Kléber e Rildo.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro!

“Desde a quarta rodada que eu não jogava. Sempre estava trabalhando, fazendo o melhor esperando a chance para ajudar o time da melhor maneira. Agradeço a Deus pela oportunidade e por conseguir ajudar”, cravou Neto Berola.