Destaque da vitória do Coritiba sobre o Atlético-GO por 4×1, Tomas foi bem sincero ao falar do resultado e principalmente de sua produção. O meia, que poderá ser titular já na partida de sábado contra o Santos, admitiu que ainda está longe do que pode render, mesmo tendo marcado dois gols de falta diante do Dragão.

“Eu senti muito o desgaste da partida. Ainda preciso melhorar bastante, ficamos muito tempo sem jogar lá no J. Malucelli”, comentou Tomas, em entrevista ao SporTV. A última partida do Caçula na temporada foi a vitória sobre o Londrina por 3×1, no dia 2 de abril – logo depois o time seria eliminado do Campeonato Paranaense pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Sobre a vitória e os gols, satisfação completa. “Acho que não teria como estrear melhor. Mas tenho certeza que tenho muito a fazer pelo Coritiba”, disse o meia, que passa a ser um dos cobradores de falta do time. Seu exemplo vestiu a mesma camisa que hoje ele veste. “Eu me espelho muito no Alex, que é ídolo aqui e jogou muita bola. Vou treinar cada vez mais”, avisou Tomas, em entrevista à rádio Transamérica.

Será?

Tomas deverá enfrentar o Santos porque dificilmente Anderson terá condições de jogar. Ele saiu reclamando de dores musculares e é quase certo que ele terá que ficar no mínimo uma semana fora. Além disso, uma proposta do futebol chinês teria balançado o armador alviverde. “Estou muito feliz aqui, o clube me abraçou bem. Interesse sempre tem. Não posso dizer que vou sair. Vamos ver essa semana”, comentou o jogador.