Próximo do Coritiba, o meia Jadson já declarou em um passado recente que não vestiria a camisa alviverde. Revelado no rival, o jogador tem uma boa passagem no Athletico em 2003 e, principalmente em 2004, na campanha do vice da Série A.

Em entrevista ao canal do Alê Oliveira, no YouTube, o jogador de 36 anos foi questionado sobre quais clubes ele não atuaria em sua carreira. A declaração foi feita no início de agosto de 2018, temporada que ele fez 51 jogos e marcou 15 gols pelo Corinthians.

+ Jadson no Coxa, vale a pena? Confira a opinião do Cristian Toledo

“É difícil falar um time que eu não jogaria. Coritiba e Palmeiras”, resumiu o atleta, que foi lembrado do Paraná e não o citou. Amigo pessoal de Mario Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo e que voltará a ser do Administrativo, Jadson fez até campanha para o mandatário no pleito atleticano. Na época, em 2011, o meio-campista admitiu que gostaria de retornar ao Furacão. Ele estava no Shaktar Donetsk, da Ucrânia, e se transferiu para o São Paulo no ano seguinte.

Passado à parte, Jadson deve ser oficializado nesta semana no time do Alto da Glória. A diretoria coxa-branca adota a cautela, mas a Gazeta do Povo/Tribuna do Paraná apurou que a negociação avançou no final de semana, com Coritiba e atleta acertados.

O único entrave, que não preocupa as partes, é o acerto final com o Corinthians, que deve acontecer ainda nesta segunda-feira (27). O atleta pode rescindir com o time paulista e vir em definitivo ou ser emprestado, com o salário sendo dividido entre os clubes.

Veja o momento em que Jadson fala que não jogaria no Coritiba (2min47s)

+ Mais do Coxa:

+ Zagueiro Rhodolfo e atacante Sassá podem estrear pelo Coritiba contra o Operário
+ Técnico do Coritiba celebra volta por cima de Thiago Lopes e aguarda Jadson
+ Coritiba vence o clássico com o Paraná na Vila com gol de falta