Ainda indefinido, os jogadores do Coritiba pregam atenção total para não deixar escapar a chance de dar o penúltimo passo rumo ao acesso para a primeira divisão.

“Aquele que errar menos e tiver mais atenção, determinação e garra tem tudo para sair de campo com o resultado”, analisa o lateral-esquerdo Triguinho. Para ele, não dá para se descuidar. “Estamos jogando em casa, mas qualquer vacilo é fatal”, avisa.

O atacante Marcos Aurélio concorda com as dificuldades da partida. No entanto, o avante garante que a vontade é grande. “Vamos jogar em casa e temos que respeitar a equipe do Paraná, mas temos que saber que estamos buscando o título do campeonato então vamos entrar determinados e focados”, promete Marcos Aurélio. Ele por sinal é uma das dúvidas deixadas pelo técnico Ney Franco.

O jogador disputa lugar na equipe com Enrico. Na meia, Rafinha volta de suspensão, mas luta por uma vaga na equipe junto com Tcheco. O restante da formação não muda. O treinamento de ontem no Couto Pereira foi fechado à imprensa, mas Ney promete soltar a escalação assim que a delegação chegar ao estádio.