Pela 5ª vez nesta temporada, o ataque do Coritiba não teve a mesma eficiência dos jogos que consagraram a equipe com um recorde de 24 vitórias consecutivas, e o Verdão colocou a bola na rede. Após a derrota para o Grêmio, por 2 a 0, em Porto Alegre, os atacantes lamentaram a falta de pontaria.

“Buscamos sempre o melhor, por isso não podemos nos contentar com isso. Às vezes, podemos decidir o jogo em um único lance e se marcamos bobeiras isso não acontece”, disse Anderson Aquino, autor do 100º gol do clube em 2011, feito na partida contra o Figueirense, na última quinta-feira.

“Não pode dar mole, se tem a chance, tem que marcar”, afirmou Marcos Aurélio, que perdeu uma chance incrível no primeiro tempo, cara a cara com o goleiro Marcelo Grohe.