Um ponto que poderá ser o grande salvador do Coritiba na briga pelo acesso à Série A. Na noite de segunda-feira (4), o Coxa empatou em 0x0 com o Sport, no Couto Pereira, em um uma partida tecnicamente fraca, mas que, segundo o elenco, rendeu um importante quantia na soma.

O time tem agora 53 pontos e segue na terceira colocação. A projeção para subir é que o Alviverde precise atingir mais nove pontos nas cinco partidas restantes. O jogo foi muito truncado, e o Verdão não conseguiu produzir em campo.

Ainda assim, os jogadores exaltaram o fato de a equipe não sair de ‘mãos vazias’. O grupo também ressaltou a dificuldade de enfrentar um adversário duro a ser batido. O Leão da Ilha é o vice-líder da Segundona, agora com 57 pontos, e quase garantido na primeira divisão do ano que vem.

O zagueiro Sabino não quer saber de ‘terra arrasada’ pelo fato de o Coritiba não ter vencido em casa. Para ele, é necessário focar nos jogos que restam. “Vamos seguir trabalhando para conseguir a vitória. O importante é que pontuamos e já temos que pensar no próximo compromisso”, disse.

O atacante Rodrigão achou o resultado muito positivo. Para ele, o que deve ser levado em conta é o contexto do jogo, entre equipes de alto nível. Questionado se achou ruim o placar, o atleta retrucou que o 0x0 foi bom para o time. “Tem que reparar como é estar aqui por 90 minutos (em campo). Foi um jogo de dois times grandes de Série A”, desabafou.

+ Confira a classificação completa da Série B!

O goleiro Alex Muralha também reforçou a dificuldade do confronto. O arqueiro teve pouco trabalho, uma vez que o Sport também não foi tão agressivo.

“São dois clubes que brigam pelo acesso, sabíamos que seria jogo equilibrado. Infelizmente não vieram os gols, mas paciência, esse ponto vai nos dar o acesso no final do campeonato”, destacou.