A sensação de alívio foi mais notada do que a alegria pela vitória do Coritiba sobre o Sport por 3×2, neste domingo (12), no Couto Pereira. O resultado dará dias de tranquilidade, pois tira o time da zona de rebaixamento até a próxima rodada – quando o Coxa recebe o Palmeiras, na quarta-feira (15), às 21h45. O alívio veio pelo resultado e pelo reconhecimento dos erros que fizeram a partida ser mais difícil do que poderia ser.

O melhor resumo veio do estreante Edinho. “Tem muita coisa para evoluir, para ajudar o time, mas o resultado é o que vale”, comentou o volante. Isto porque o sistema defensivo errou duas vezes, e nestas duas oportunidades o Sport marcou – e os pernambucanos não tiveram muitas outras chances durante o jogo. “Os dois gols que nós levamos foram novamente de desatenção, deixamos eles finalizarem. Mas conseguimos ir atrás”, concordou o goleiro Wilson.

E esta postura de buscar o resultado em duas situações adversas (perdendo por 1×0 e empatando em 2×2) foi a grande virtude alviverde segundo o técnico Pachequinho. A nossa vitória foi resultado da postura do time. Viramos o jogo, tivemos personalidade e não nos abatemos. O comportamento tem que ser esse, de sempre buscar os gols”, comentou o treinador em entrevista coletiva.

Para o técnico alviverde, o momento mais delicado do jogo foi mesmo o período após o primeiro gol do Sport – lance em que toda a zaga assistiu Diego Souza ter três chances e Wilson defender duas antes de ser vencido. “Saímos perdendo, mas conseguimos buscar o resultado. Fomos inteligentes, tivemos uma boa postura e administramos quando foi necessário”, comentou Pacheco, citando os minutos finais, quando Juan foi expulso e mesmo assim os pernambucanos não ameaçaram.

As falhas defensivas serão assunto nos dias que antecedem o dificílimo confronto com o Palmeiras. “Temos que corrigir sempre no que falhamos, porque os adversários sempre têm qualidade”, avaliou o treinador coxa-branca. “Estamos tendo dificuldades”, admitiu o atacante Kléber, destaque alviverde na vitória. “Às vezes tem uma oportunidade, então temos que marcar. Fui feliz na chance que tive e vencemos”, completou o Gladiador.

O mais importante para todos foi a vitória sobre um adversário direto e o que ela pode trazer para os jogadores. “Toda vitória é importante porque nos dá a condição de subir na tabela e atingir nossos objetivos”, disse o zagueiro Juninho. “Esta vitória recupera muita coisa dentro do nosso elenco”, finalizou Pachequinho.