O pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) vai julgar, nesta quinta-feira (13), no Rio de Janeiro, o recurso do Coritiba para diminuir a pena do atacante Kléber. O Gladiador foi julgado no final de junho e pegou 15 jogos de suspensão por causa da expulsão no empate diante do Bahia. Independentemente do resultado do julgamento do recurso, o centroavante poderá estar em campo diante do Avaí, nesta quinta-feira (13), às 21h, na Ressacada.

Kléber foi punido porque, em uma discussão com o volante Edson, do Bahia, acabou cuspindo no adversário. Os dois atletas foram expulsos, mas o Gladiador levou a pior no julgamento ocorrido no dia 28 de junho. O centroavante está atuando no Campeonato Brasileiro por causa de um efeito suspensivo conseguido pelo clube.

A diretoria e os advogados do clube sabem da extrema dificuldade do caso. O jogador alviverde chegou a ser suspenso preventivamente, o que demonstra o clima do STJD. Por isso, a principal estratégia é a de reduzir a pena, já que a absolvição é uma hipótese remota.

Hoje ele joga

Logo depois do jogo contra o Bahia e antes mesmo do julgamento, Kléber ficou de fora de três jogos do Coritiba. Assim sendo, se a pena for mantida, o Gladiador terá que cumprir mais 12 jogos de suspensão. Se isso acontecer, ele poderá atuar diante do Avaí, mas desfalcará o Verdão a partir do duelo de domingo, diante do Fluminense, às 19h, no Couto Pereira.

Confira a classificação do Brasileirão!

Com isso, o técnico Pachequinho deve escalar, no setor ofensivo, o que tem de melhor para o duelo contra o Avaí. A tendência é de que o comandante alviverde mantenha o trio ofensivo do Coxa com Kléber, Henrique Almeida e Rildo. O atacante Neto Berola corre por fora na busca pela titularidade do ataque coxa-branca.