O futuro do atacante Kléber no Coritiba segue incerto. Liberado para ser negociado com o Fluminense, na metade do mês passado, o Gladiador foi reprovado nos exames médicos e, depois de um período sem treinar, retornou ao clube no início desta semana. No entanto, o centroavante está treinando em separado e aguarda a definição quanto ao seu futuro para a sequência da temporada.

Depois de ser reprovado nos exames e de ter a sua contratação descartada pelo Fluminense, Kléber passou alguns dias em São Paulo com a família. O Gladiador e a diretoria entraram em um acordo e, por isso, ele se apresentou no CT da Graciosa, já que tem contrato com o Coxa até o final deste ano.

Kléber está realizando trabalhos específicos com a preparação física e treina em separado do restante do elenco. Dificilmente, o jogador permanecerá no Alviverde para a continuidade da temporada.

O presidente Samir Namur, recentemente, não escondeu que o alto salário – R$ 250 mil – do atacante e as lesões em sequência nos últimos tempos pesam para a definição de uma negociação com outro clube. Além disso, esse desejo do Gladiador em não querer permanecer no Coritiba e disputar a Série B também aumentaram as buscas pela negociação.

Confira a tabela completa da Série B!

Nem mesmo o técnico Eduardo Baptista sabe se poderá utilizar o atleta. Segundo o treinador, a situação de Kléber é uma questão que cabe à diretoria definir, e não ele.

“Ainda é uma questão da diretoria. Ele está treinando em um horário diferente do nosso. Não tive acesso a ele ainda. Aguardo o posicionamento da diretoria para ver a atitude que eu tomo. Por enquanto, não tenho muito o que falar”, resumiu o treinador.