O futuro do lateral-direito Jonas, do Coritiba, deverá ser mesmo o Santos. Apesar de a diretoria coxa-branca negar a transação, todos os detalhes da ida do jogador para o Peixe já parecem acertados, o que teria ocorrido numa reunião entre as direções na semana passada. “Ainda não temos nenhuma novidade em relação ao Jonas ou a qualquer outro atleta do Coritiba que estejam falando que vá deixar o clube”, cravou o presidente Vilson Ribeiro de Andrade.

Mesmo com a negativa da diretoria do Alviverde, o lateral estaria com o desembarque em Santos marcado para quinta-feira, a fim de realizar exames médicos e assinar contrato com o Peixe por quatro temporadas. No entanto, para tirar Jonas do Coritiba, o clube paulista terá que desembolsar aproximadamente 700 mil euros (R$ 1,5 milhão). Um grupo de investidores vai adquirir 50% dos direitos econômicos do jogador. O restante ficará 30% com o time coxa-branca e os outros 20% com o próprio atleta.

Há duas semanas, a diretoria do Coritiba anunciou a contratação do lateral-direito Jackson, destaque do Boa Esporte na Série B deste ano. Porém, o novo reforço chegou para suprir a ausência de Maranhão, que voltou de empréstimo para o Santos.