Apresentado oficialmente ontem, o novo técnico do Coritiba, Umberto Louzer, chegou prometendo um futebol ofensivo e declarando que se identifica muito com o estilo de Fernando Diniz, atual comandante do Fluminense. Louzer, que tem 39 anos, iniciou a carreira como treinador de categorias profissionais em janeiro de 2018, justamente quando Diniz deixou o Guarani e ele, que era auxiliar técnico, foi promovido. Agora, o desafio à frente do Coritiba será grande e ele precisará extrair o melhor da equipe.

+ Leia mais: Confira a primeira entrevista coletiva de Louzer

Ex-jogador aposentado em 2014, Louzer passou a ser treinador em times de categorias de base em 2017. Levou o Paulista, de Jundiaí, à final da Copa São Paulo de Futebol Júnior naquele ano, mas a equipe foi desclassificada por conta de uma irregularidade de um atleta. Após o episódio, Louzer foi para o Guarani para atuar como auxiliar técnico de Maurício Barbieri. No clube de Campinas, o treinador passou integrar a comissão técnica fixa após a demissão de Barbieri e exerceu a função de auxiliar com treinadores como Vadão, Marcelo Cabo, Lisca e o polêmico Fernando Diniz.

+ Veja ainda: Aposta de Pastana, Louze chega com moral ao Coxa

O controverso treinador, atualmente no Fluminense, já teve passagens no futebol paranaense como técnico quando esteve à frente do Paraná Clube em 2015 e do Athletico em 2018, onde acumulou também o cargo de diretor de futebol. Ele tem um estilo de jogo que agrada muito o novo comandante do Coxa.

“Me identifico muito com a maneira como o Diniz enxerga o futebol. Um profissional que gosta de ver suas equipes jogarem para a frente, propondo o jogo. Corre-se alguns riscos, mas toda equipe que propõe, é grande, vai correr risco em alguns momentos, mas esses riscos podem ser minimizados justamente para poder ter esse equilíbrio”, explicou.

Carreira

No início deste ano, Louzer assumiu o comando do Vila Nova e fazia um trabalho que estava sendo muito elogiado. À frente do time goiano, conquistou a classificação à segunda fase da Copa do Brasil e deixou a equipe na vice-liderança do Campeonato estadual com 14 pontos ganhos em 7 jogos. Foram 4 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota.

Agora, aceitando encarar o desafio de assumir o Coritiba em um período crítico, Louzer descreveu como pensa em montar a equipe para brigar tanto pelo segundo turno como pelo acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. Ele quer em um primeiro momento conhecer melhor o grupo, avaliar as qualidades, aprimorar as potencialidades e então armar seu time para que se apresente de uma forma muito ofensiva.

+ Também na Tribuna: Wilson vai pra faca e desfalca o Coritiba

“Gosto da equipe que propõe jogo, que joga vertical e que pressiona seu adversário no campo ofensivo, que tira o conforto do adversário para que tenha a bola e tenha o controle do jogo o maior tempo possível. Acredito que assim se consegue o objetivo da vitória”, explicou. Em síntese, o treinador diz que gosta de jogar com muita intensidade, competitividade, que acredita ser o que o torcedor gosta de ver

O técnico garantiu que está ciente da realidade do clube, que está sob total pressão após um 2018 frustrante e um 2019 que começou mal com a eliminação na Copa do Brasil, ainda na primeira fase, e a perda do título do primeiro turno do Campeonato Paranaense para o Toledo.

+ Leia também: Coxa tenta esquecer derrota e quer reação imediata

“Quando recebi o convite todo o cenário foi estudado. Me sinto capacitado, pronto e preparado para retribuir tudo aquilo que me foi pedido, principalmente o acesso na primeira divisão”, disse o treinador

Apesar de ser praticamente novato, ele destaca que são as chances, como a que está tendo no Alviverde, que fazem com que novos destaques surjam.

“Muitas vezes eu falo para os atletas quando estão tendo a primeira oportunidade e trago para mim também: só vão existir novos nomes, ídolos, referências, quando se tem a oportunidade. Eu pude agarrar as oportunidades que eu tive nos meus dois últimos clubes, atingi todas minhas metas e hoje venho preparado”, arrematou.

+ APP da Tribuna: As notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!