Apesar do risco iminente de rebaixamento, o Coritiba vai entrar com força máxima para o duelo contra o Vitória, nesta quinta-feira (25), às 21h45, na Fonte Nova, em Salvador, na largada da Copa Sul-Americana. O time alviverde não quer apenas participar da competição internacional, mas sim tentar fechar a temporada de 2016 com um título aliado com a permanência do clube na elite do futebol nacional.

“A gente entra na Sul-Americana para vencer sim. Entra para brigar pelo título e tem condição de brigar. Temos bons jogadores, jogadores vitoriosos e que já conquistaram na sua carreira e que querem conquistar ainda mais e aqueles que querem almejar coisas maiores na carreira. Vamos entrar para brigar pelo título”, apontou o atacante Kléber.

Apesar de ainda estar muito próximo da zona de rebaixamento do Brasileirão, o Coxa vai encarar o rubro-negro com o que tem de melhor. Segundo o volante Edinho, que já foi campeão da Sul-Americana quando vestiu a camisa do Internacional, ressaltou a importância do torneio para a continuidade da temporada.

“Claro que quando você tem jogo no domingo e só volta a jogar no outro, dá para treinar mais e se recuperar mais. É uma competição importante a Copa Sul-Americana, já fui campeão uma vez e sei o quanto é importante ser campeão dessa competição difícil. Temos que pensar jogo a jogo. O Vitória é um adversário muito difícil, mas vamos buscar a classificação e, de repente, quando acordar, estaremos em uma fase de quartas ou semifinal. Tem que jogar com o que tiver de melhor. Claro que se tiver alguém desgastado o Paulo (César Carpegiani) é experiente e vai saber botar o pé no freio”, acrescentou o volante alviverde.

O treinador coxa-branca confirmou, depois da vitória sobre o Santos, no último domingo, no Couto Pereira, que iria com força máxima para este duelo diante do Vitória, em Salvador. Com o melhor rendimento da equipe que terminou a partida, o comandante pode fazer algumas alterações, principalmente deslocando o meia Juan para a lateral. O provável Verdão para enfrentar o rubro-negro baiano deve contar com Wilson; Dodô, Luccas Claro, Juninho e Benitez (Juan); Edinho, João Paulo, Raphael Veiga, Juan (Iago); Neto Berola (Evandro) e Kléber.