O empate em 0x0 com o Santos, no último domingo (20), no Couto Pereira, não foi o resultado que o Coritiba queria, uma vez que jogava em casa e vinha de uma derrota para o lanterna Atlético-GO na rodada passada. Porém, o técnico Marcelo Oliveira não lamentou o fato de não ter vencido e comemorou o ponto conquistado diante do terceiro colocado do Campeonato Brasileiro.

“Quando se pensa em jogo em casa, se pensa em uma vitória. Mas quando se pensa em um empate com o Santos, pelo potencial que ele tem e a posição que está, acabou sendo um bom resultado. É um pontinho que pode nos ajudar no campeonato”, afirmou o treinador.

Além disso, os jogadores também ressaltaram a disposição do Coxa em campo e que o time foi superior ao adversário, mas que a chuva que caiu em Curitiba acabou prejudicando um melhor desempenho.

“Não dá para falar, com o gramado da maneira que tá, chuva… Lógico, a equipe do Santos é a que menos sofreu gols no Campeonato Brasileiro, está bem montada, vieram aqui para buscar um gol e nós merecíamos um resultado melhor. Mas o mais importante é destacar a luta e a determinação do time. Foi um grande jogo, pena que não saímos com a vitória”, analisou o atacante Alecsandro.

“Jogamos de igual para igual com um grande time que é o Santos, o campo pesado, mas conseguimos marcar bem, tivemos bola na trave, o Vanderlei pegou e eles não tiveram chance de gol no segundo tempo. Então a equipe está de parabéns”, completou o lateral-esquerdo Thiago Carleto, que mais uma vez jogou mais avançado.

Confira a tabela completa do Brasileirão!

O goleiro Wilson, que foi pouco exigido, também lamentou o gramado molhado, mas lembrou que o Coritiba soube anular a principal arma do adversário e considerou justo o placar final.

“Foi um jogo sem muitas chances reais. O gramado muito pesado, o Santos é uma equipe que joga muito no contra-ataque, com os jogadores de velocidades, e não conseguimos furar o bloqueio deles, mas seguramos também o contra-ataque. Sempre esperamos a vitória, mas pelo que foi a partida, o empate foi justo”, apontou o arqueiro.

Com o resultado, o Coxa caiu para a 14ª posição, com 26 pontos, a quatro do G6 do Brasileirão, e a três da zona de rebaixamento. No entanto, o clube ainda pode subir uma posição na tabela caso o Atlético-MG perca por, pelo menos, quatro gols de diferença para o Fluminense, hoje, no Maracanã.