O técnico Tite convocou o atacante Matheus Cunha, do Hertha Berlim, da Alemanha, para o lugar de Gabriel Jesus, que se machucou no último jogo do Manchester City. Esta é a primeira convocação do atacante de 21 anos para a seleção principal.

>> Confira a lista completa de convocados

Pelas Eliminatórias, a seleção brasileira enfrenta a Bolívia no dia 9 de outubro, em São Paulo. No dia 13, o Brasil joga contra o Peru, fora de casa.

Quem é Matheus Cunha e como o Coritiba perdeu a joia da seleção

Matheus Cunha foi o nome da classificação da seleção brasileira para a Olimpíada de Tóquio 2020 no Pré-Olímpico, disputado em fevereiro.

Paraibano de João Pessoa, Matheus Cunha chegou ao Coritiba aos 14 anos para morar no alojamento do clube. O mais curioso é que na base ele não era centroavante e atuava como meia ou atacante pelos lados. Mas sempre foi o destaque da geração e chamava a atenção pela inteligência e desenvoltura tanto dentro como fora de campo. Não à toa, Matheus Cunha já fala cinco idiomas.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Em 2017, durante a gestão de Rogério Bacellar, ele foi negociado com o Sion, da Suíça, antes mesmo de jogar pelo time profissional. O atacante teve 85% dos direitos econômicos vendidos por R$ 700 mil. A transação foi efetuada para o Coritiba comprar os direitos de Matheus Galdezani. Em 2018, o Coritiba vendeu os 15% restantes por 1,2 milhão de euros.

Na sua primeira temporada pelo Sion, Cunha marcou 10 gols em 33 jogos e logo foi comprado pelo Red Bull Leipzig, da Alemanha, por 16 milhões de euros. Pelo Leipzig, o centroavante fez 72 jogos e marcou 18 gols. O mais bonito deles foi indicado ao Prêmio Puskas.

Na metade da última temporada, ele foi comprado pelo Hertha Berlim por 20 milhões de euros. Em 11 jogos, fez cinco gols. Já na temporada atual, Matheus Cunha tem dois gols em duas partidas.

+ Mais do Coxa:

+ Pênaltis renderam mais da metade dos pontos de Jorginho na volta ao Coritiba
+ Petraglia e CBF discutem com presidente da Ferj e decisão sobre torcida nos estádios é adiada
Coritiba encaminha venda de atacante para o futebol árabe


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?