A ansiedade do meio-campista Sandro em atuar com a camisa do Coritiba é grande. A abertura da janela para transferências internacionais deixa essa possibilidade para a partida de sábado contra o Sport, mas ele só irá estrear oficialmente contra o Vila Nova, no dia 30. “Não vejo a hora de estrear com a camisa do Coritiba, até por que meu último jogo vai fazer quase três meses. Desde então, fiquei parado, só treinando, e estou ansioso e esperando dar continuidade ao trabalho”, disse o jogador, que até agora só atuou informalmente em meio tempo, contra o Avaí, no Torneio de Florianópolis.

Apto, ele acha que está. “A partir de amanhã (hoje), devo treinar com toda a equipe e cabe ao Ney Franco tomar a decisão. A mim, cabe ficar preparado o mais rápido possível. Estou no caminho certo, voltei a treinar e falta aprimorar a parte física”, avaliou. No entanto, o treinador esfriou a ambição do ex-jogador do Gençlerbirligi, da Turquia. “Ele sentiu uma contusão no pé e teve que ficar duas semanas se recuperando. Dentro do nosso planejamento, a tendência de estreia é diante do Vila Nova, em Goiânia”, disse Ney.