O ex-presidente do Coritiba Sérgio Prosdócimo faleceu na madrugada desta terça-feira (22), em Curitiba. Além de dirigente esportivo, Prosdócimo foi um dos maiores empresários do Estado, comandando por longo tempo a fábrica de eletrodomésticos que tinha seu sobrenome. O empreendedor sofria de problemas cardíacos há mais de uma década. Ele tinha 76 anos.

Coxa-branca histórico, Sérgio Prosdócimo entrou para valer no Coritiba em 1995, em um momento de fortíssima crise financeira, durante o último ano de presidência de Evangelino da Costa Neves. Ao lado de outros dois empresários bem-sucedidos, Joel Malucelli e Edison Mauad, ele formou o chamado “triunvirato”, que assumiu o clube naquele ano, com o objetivo de sanear as finanças e colocar o time na primeira divisão.

Depois da passagem como vice-presidente, Sérgio assumiu a presidência do Coxa em 2000, ficando pouco mais de um ano no cargo por problemas de saúde, deixando o posto para seu vice, Francisco Araújo. A partir dali, Prosdócimo se afastou da política do clube, sem no entanto deixar de ir ao Couto Pereira, sempre nas cadeiras superiores, próximo às cabines de rádio.

Empresário

A Refripar, empresa controlada por Sérgio Prosdócimo, chegou a ser a segunda fabricante brasileira da chamada “linha branca”, de eletrodomésticos como geladeiras, fogões e lavadoras de roupa. A empresa foi criada em 1949, e aos poucos foi adquirindo outras fabricantes e ganhando mercado nacional. Ficou no comando da família Prosdócimo até 1996, quando foi comprada pela sueca Electrolux.

Neste período, a Refripar era uma das maiores empresas do Paraná, e também uma das maiores empregadoras do Estado. Influente na economia paranaense, seu nome chegou a ser cogitado para a sucessão de Jaime Lerner na prefeitura de Curitiba em 1991.

Sérgio Prosdócimo está sendo velado na capela do Cemitério Iguaçu, e o sepultamento será no mesmo local, às 17h.

Leia a nota oficial do Coritiba:

O Coritiba Foot Ball Club lamenta com pesar o falecimento de Sérgio Prosdócimo, 76 anos, conselheiro nato, ex-presidente do clube no período entre 2000 e 2001, e que participou da gestão do Coxa juntamente com Edison Mauad e Joel Malucelli, entre 1995 e 1997.

Sérgio Prosdócimo esteve no estádio Couto Pereira no final do ano passado em uma reunião junto ao atual Conselho Administrativo, na qual foram tratados assuntos pertinentes ao Coritiba e sua gestão.

O velório ocorre no Cemitério Parque Iguaçu, a partir das 9h. O sepultamento será no mesmo local, às 17h.

A diretoria do Coritiba e o Conselho Deliberativo, em nome dos torcedores coxas-brancas, presta aqui sua homenagem a familiares e amigos, e agradece pelos anos de dedicação de Prosdócimo ao clube.